Agricultura

Agricultura

Fechar
PUBLICIDADE

Agricultura

Herbicida da Sumitomo Chemical recebe registro oficial para controle de invasoras na cultura do amendoim

 

São Paulo (SP) – A companhia Sumitomo Chemical, uma das patrocinadoras da II Feira Nacional do Amendoim, anuncia durante o evento digital que obteve registro oficial para seu herbicida ZethaMaxx® na cultura do amendoim. Lançado há quatro anos no Brasil, o produto foi o que mais cresceu em área tratada, no segmento pré-emergentes, no ciclo 2019-20, segundo a consultoria Spark Inteligência Estratégica. Conforme a Spark, o herbicida da Sumitomo Chemical superou 1 milhão de hectares de soja tratados na última safra.

 

De acordo com o engenheiro agrônomo Murilo Borges, gerente de herbicidas da Sumitomo Chemical, ZethaMaxx® trará enorme contribuição fitossanitária à cadeia produtiva do amendoim, pois existem poucos herbicidas registrados no País para controle de invasoras da leguminosa. Em contrapartida, segundo dados da Conab, a cultura quase triplicou de tamanho no estado de São Paulo, o principal produtor, com cerca de 90% da área nacional, saltando de 52 mil hectares plantados, no período 2009-10, para perto de 140 mil hectares no ciclo 2019-20.

 

“Amendoim faz parte dos cultivos que mais crescem em área no Brasil. A crescente adoção do manejo de renovação de canaviais, rotacionado ao amendoim, deverá impulsionar ainda mais o mercado da leguminosa, daí a importância de ampliar a oferta de tecnologias de ponta para controle de invasoras, doenças e pragas”, destaca Murilo Borges.

 

Borges esclarece ainda que o herbicida ZethaMaxx® transfere amplo espectro de controle aos produtores de amendoim. Segundo ele, o herbicida age com eficácia sobre mais de uma dezena de daninhas, monocotiledôneas e dicotiledôneas, que concorrem com a leguminosa.

 

“Pesquisas feitas na etapa anterior ao registro mostraram que ZethaMaxx® ajuda ao amendoim a ‘fechar no limpo’, sem a mato competição que prejudica a produtividade. Além disso, o controle efetivo proporcionado pelo produto favorece a ‘colheita no limpo’, um dos desafios do produtor para evitar perdas qualitativas e quantitativas. O herbicida é seletivo à cultura em pré-emergência, portanto não interfere no vigor das plantas”, explica Borges. “O produto resgata a tranquilidade do agricultor no tocante ao manejo de daninhas”.

 

A Sumitomo Chemical destaca também na Feira Nacional do Amendoim sua plataforma de soluções para cultura, composta pelos inseticidas Adage®, Platinum Neo®, Dipel® e Xentari®. Adage® é específico para tratamento de sementes da leguminosa, enquanto Platinum Neo® controla com eficácia à lagarta-de-pescoço-vermelho e à tripes. Já os inseticidas de matriz biológica Dipel® e Xentari® compõem o manejo da lagarta-do-pescoço-vermelho e lagarta-marrom (Spodopteras), respectivamente. A Sumitomo Chemical apresenta ainda os fungicidas Troia® e Echo®, aplicados no controle das doenças cercosporiose e mancha castanha.

 

Sediada em Tóquio, a Sumitomo Chemical é uma das principais empresas químicas japonesas. Fundada em 1913, está presente em mais de 180 países, com 32 000 colaboradores. Seu escritório central no Brasil fica na cidade de São Paulo. Com a aquisição da Nufarm, o número de funcionários da companhia na América Latina saltou de 130 para 800. No Brasil, a companhia opera hoje com amplo acesso ao mercado, foco na inovação e na oferta de um robusto portfólio de produtos pós-patentes de alta qualidade.

 

Serviço

XVII Encontro sobre a Cultura do Amendoim e II Feira Nacional do Amendoim

https://feiranacionaldoamendoim.com.br/

Data: 10 a 14 de agosto

Inscrições: https://eventos.funep.org.br/Eventos/Detalhes#/exibir/5544

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

Mais Lidas em Agricultura

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE