Variedades

Variedades

Fechar
PUBLICIDADE

Variedades

Sergio Rossi, estilista italiano de sapatos de luxo, morre aos 85 anos vítima do coronavírus

Ele tinha sido internado na cidade de Cesena, na Itália.

 
 -   /
/ /

O estilista italiano de sapatos de luxo Sergio Rossi morreu aos 85 anos depois de ser hospitalizado com o novo coronavírus, disse a prefeita de sua cidade-natal nesta sexta-feira (3).

A Itália tem mais mortes de coronavírus do que qualquer país do mundo – eram 13.915 fatalidades até quinta-feira. Os idosos têm sido particularmente vitimados.

Rossi morreu na quinta-feira (2) na pequena cidade de Cesena, no centro do país. "Adeus, mestre", escreveu seu filho, o também estilista Gianvito Rossi, no Instagram.

"Ele esteve entre os fundadores do distrito de calçados femininos de alto nível da área de Forlì e Cesena em meados do século 20", disse Luciana Garbuglia, prefeita de San Mauro Pascoli, onde Rossi nasceu em 1935 e fundou sua marca.

O grupo de luxo francês Kering assumiu a grife em 1999, e depois a repassou para o fundo de capital privado italiano Investindustrial em 2015, quando Rossi já tinha se aposentado.

“Today everyone at Sergio Rossi joins me in remembering our dear Sergio, the inspiring founder of our dream. Sergio Rossi was a master, and it is my great honor to have met him and gotten to present him the archive earlier this year. His vision and approach will remain our guide in the growth of the brand and the business. He loved women and was able to capture a woman’s femininity in a unique way, creating the perfect extension of a woman’s leg through his shoes. Our long and glorious history started from his incredible vision and we’ll remember his creativity forever.” Riccardo Sciutto, CEO Sergio Rossi Group

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE