Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

Álcool líquido 70 é produzido em Hospital Municipal de Juruti para atender unidades de saúde

A Secretaria de Saúde providenciou a fabricação do produto nesta terça 24 e já foram produzidos 10 litros.

 
 -   /
/ /

Por causa do novo coronavírus, o consumo do álcool 70% aumentou bastante, fazendo com que a oferta diminuísse e, em muitos casos, provocando a falta do produto no mercado, por isso o Hospital Municipal de Juruti, no oeste do Pará, está produzindo o álcool líquido para atender demandas das unidades de saúde do município.

O álcool 70 é o recomendado no combate a bactérias e infecções, por conta disso a Secretaria Municipal de Saúde providenciou a fabricação do produto nesta terça (24) e já foram produzidos 10 litros. O produto é feito a partir de uma mistura do álcool 96º com a água destilada e que é produzida no laboratório do próprio hospital.

“Nós estamos tomando todas as medidas necessárias para que a Semsa tenha esse material à disposição. Essa é uma alternativa muito louvável dos nossos profissionais e a gente só tem a agradecer. Nesse momento de crise, toda iniciativa é muito bem-vinda”, destacou Joquibede Mota, titular da Secretaria Municipal de Saúde.

A equipe coordenada pelo bioquímico Marcos André, é quem trabalha no preparo do álcool. “Esse produto é muito usado na limpeza de bancadas e de materiais como estetoscópio, termômetros etc. Estamos produzindo o álcool 70 para ajudar o município, pois no momento, devido à pandemia do coronavírus, ele está em falta no mercado”, destacou o bioquímico.

“Esse álcool no momento é restrito ao ambiente hospitalar, porque o risco de infecção é grande. Em casa, o ideal é o uso do álcool gel e do sabão – líquido, em barra, gel – que tem uma boa eficácia no combate a vírus e micro-organismos”, acrescentou Marcos André.

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE