Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

Voluntários podem fazer doações para moradores em situação de rua abrigados no Mangueirão

A partir das 18h deste domingo, um ônibus vai rodar pela região metropolitana de Belém para convidar pessoas em situação de vulnerabilidade social para serem abrigados no Mangueirão.

 
 -   /
/ /

Após o anúncio do governo do Estado de transformar o Estádio Olímpico do Mangueirão em um abrigo para proteger pessoas em situação de rua do contágio pelo novo coronavírus, empresas e civis já começaram a deixar doações no espaço. Na manhã deste domingo (22), foram deixados colchonetes e travesseiros, além de cestas básicas.

Os abrigados vão receber apoio de técnicos da Secretaria de Saúde do Pará (Sespa) e da Secretaria de Estado de Assistência Social, Trabalho, Emprego e Renda (Seaster). Interessados em fazer doações, devem se dirigir ao portão B2 do estádio.

De acordo com o governador do Estado, Helder Barbalho (MDB), a prioridade de doações são materiais de higiene pessoal e alimento. "Roupas também são importantes. Já temos 600 kits de roupas confeccionados pela Fábrica Esperança, mas vamos precisar de mais. Até porque vamos enviar isso para os municípios do interior que precisarem", declarou Helder.

A partir das 18h deste domingo, um ônibus vai rodar a pela região metropolitana de Belém para convidar moradores em situação de vulnerabilidade social para serem abrigados no Mangueirão.

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE