Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

Igrejas começam a disponibilizar transmissão de missas e cultos para evitar lotação de templos

Em Belém missas, festividades e cultos já tem sido transmitidos pelos canais de televisão locais ou páginas na internet.

 
 -   /
/ /

A Arquidiocese de Belém e algumas igrejas evangélicas começaram a se manifestar sobre o período de reclusão que o combate ao novo coronavírus exige. Em Belém missas, festividades e cultos já tem sido transmitidos pelos canais de televisão locais ou páginas na internet.

A Catedral da Família da Igreja Quadrangular, no bairro do Guamá, anunciou que já está fazendo cultos com número reduzido de participantes e com transmissão pelas redes sociais para diminuir o número de pessoas circulando, afim de evitar a proliferação do Covid-19.

Em mensagem no perfil oficial da igreja, o pastor Lourival Pereira afirmou que a instituição vai respeitar o decreto estadual que proíbe reuniões com mais de 500 pessoas. "Estamos acompanhando o desenrolar das notícias e em casos de confirmação, aí sim poderemos suspender totalmente os nossos cultos para apenas a transmissão online", declarou.

A Igreja Link também aderiu a campanha e passou a transmitir as celebrações pela internet. Em seu perfil oficial nas redes sociais a instituição disse que "o evangelho não depende das nossos programações eclesiásticas para ser propagado. Depende apenas de corações disponíveis". A medida vale por tempo indeterminado.

ATUALIZAÇÃO: seguindo as direções das autoridades locais e da secretaria de saúde do estado continuaremos com as nossas reuniões. Tendo em vista que a nota fala de reuniões de até 500 ou mais pessoas. Nossos membros sabem que aqui na Link Church não chegamos a 500 pessoas por culto, portanto, sendo obedientes as autoridades locais, não estamos dentro do número de pessoas para cancelamento das reuniões. Porém, pedimos a vocês, nossos membros e seguidores, que sejam prudentes. Pessoas dentro da zona de risco (idosos, crianças, asmáticos, alérgicos e etc) não atendam as nossas reuniões, assistam os cultos on-line, estaremos fazendo transmissão via Instagram. Pessoas também que apresentam algum sintoma, permaneçam nas suas casas e pessoas recém chegadas de viagem, também devem evitar frequentar lugares públicos e as nossas reuniões. Evitem também o contato físico, o vírus é mais facilmente transmitido pelo contato físico do que pelo ar. Essas são as medidas de cuidado que podemos ter uns com os outros. Lembrando sempre que Jesus nos da a paz que excede todo o entendimento. Seja a igreja de Cristo onde quer que você esteja. - Estamos atentos para qualquer mudança de quadro aqui na cidade de Belém e estaremos sempre informando vocês das nossas posições. - Com amor, Liderança @link.church - #comunicado #coronavirus #cuidados

O pastor Vitor Ledo, dirigente da igreja, conclamou as outras instituições religiosas a fazerem o mesmo. "Decidimos assim por entender que estamos enfrentando uma doença contagiosa. O cuidado com o próximo, da forma que Jesus nos ensinou também implica em evitar que a doença se espalhe. Creio que a fé não anula nossa responsabilidade", explicou

Arquidiocese de Belém

A Arquidiocese de Belém já cancelou o mutirão de confissões, reduziu as atividades paroquiais, reagendou missões e disse que vai manter as igrejas abertas e limpas, assim como reduzir o uso de ar condicionado, onde possível.

Uma das primeiras festividades afetadas é a de São José, que começou nesta quinta-feira (19) na Paróquia São José de Queluz, no bairro de Canudos. As tradicionais procissões dos Lírios, foram canceladas, havendo apenas as celebrações. A Rede Nazaré de Comunicação (FNC) transmitirá a celebração das 19h.

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE