Mundo

Mundo

Fechar
PUBLICIDADE

Mundo

PL pretende banir por cinco anos torcedor que cometer ato racista em estádios de futebol

Texto, de autoria do deputado federal Bira do Pindaré, prevê ainda que o clube será responsável por garantir o afastamento do torcedor

 
 -   /
/ /
ÁUDIOTEXTO PARA RÁDIOTânia Rego/Agência Brasil

Um projeto de lei em discussão na Câmara dos Deputados quer banir do futebol, por até cinco anos, o torcedor que cometer atos de racismo em estádios brasileiros, durante eventos esportivos. A proposta, de autoria do deputado Bira do Pindaré (PSB-MA) sugere essa sanção por meio do acréscimo de um artigo no Estatuto do Torcedor, além das demais penalidades previstas no Código Penal Brasileiro.

A redação do PL 080/2020 prevê ainda que o clube será o responsável por garantir o afastamento do torcedor que cometer o crime. Se isso não for cumprido, o time também poderá ser punido, com risco de multa e perda de mando de campo, nos casos em que o ato de racismo for registrado em súmula pelo árbitro.

Vale lembrar que os crimes de injúria racial e racismo são inafiançáveis e têm pena prevista de um a três anos de prisão, além de multa.  

 

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE