Mundo

Mundo

Fechar
PUBLICIDADE

Mundo

Trump vai pedir valor menor, de US$ 2 bi, para financiar muro na fronteira, dizem funcionários do governo

No ano passado, o republicano pediu ao Congresso que liberasse US$ 5 bilhões adicionais para a construção da barreira na divisa com o México.

 
 -   /
/ /

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, pedirá US$ 2 bilhões em novo financiamento no orçamento do governo de 2021 para a construção de um muro na fronteira com o México, segundo altos funcionários do governo.

O novo valor, menos da metade do anterior, será anunciado na segunda-feira (10) e mostra que, depois da transferência de recursos das Forças Armadas para a construção, o governo necessita de menos dinheiro extra para para o empreendimento.

O valor foi inicialmente reportado pelo "Wall Street Journal".

No ano passado, o presidente pediu ao Congresso que liberasse US$ 5 bilhões adicionais para o empreendimento, além dos US$ 3,6 bilhões que a administração já havia realocado de projetos de construção das Forças Armadas.

Em um evento de sua campanha à reeleição em 30 de janeiro, o republicano renovou sua promessa, feita na campanha de 2016, de fazer o México pagar pelo muro, que é parte de sua política de imigração para reduzir o número de pessoas que entram nos Estados Unidos.

"Estrangeiros ilegais do México vão pagar pelo muro... por meio de remessas, 100%", disse Trump.

Um membro do Border Angels pendura uma faixa com a inscrição "Trump não pagaremos pelo seu muro" durante um ato contra o presidente americano na fronteira em Playas de Tijuana, no México — Foto: Guillhermo Arias/AFP Um membro do Border Angels pendura uma faixa com a inscrição "Trump não pagaremos pelo seu muro" durante um ato contra o presidente americano na fronteira em Playas de Tijuana, no México — Foto: Guillhermo Arias/AFP

Um membro do Border Angels pendura uma faixa com a inscrição "Trump não pagaremos pelo seu muro" durante um ato contra o presidente americano na fronteira em Playas de Tijuana, no México — Foto: Guillhermo Arias/AFP

Longo impasse

O presidente alega que a construção do muro ao longo da fronteira é necessária para impedir a entrada de imigrantes ilegais e de drogas.

Mas a liberação do dinheiro tem sido um foco de tensão ao longo do mandato do republicano. Em 2018, o presidente se recusou a assinar qualquer liberação do Congresso inferior a US$ 5 bilhões, causando uma paralisação de 35 dias do governo federal americano, que se estendeu até 2019. A disputa levou à mais longa paralisação do governo na história dos EUA.

Em fevereiro do ano passado, os parlamentares aprovaram apenas US$ 1,4 bilhão para barreiras em alguns pontos específicos da fronteira.

Trump, então, declarou emergência nacional para redirecionar cerca de US$ 6,7 bilhões em fundos destinados a construções militares para o projeto do muro. Somada ao US$ 1,375 bilhão destinados pelo Congresso, a verba redirecionda, de US$ 6,7 bilhões, serviria para a construção de aproximadamente 376 quilômetros de muro.

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE