Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

Escolas de Samba de Belém realizam desfile durante inauguração da nova Aldeia Amazônica neste domingo

A concentração será a partir das 16h em frente à Embaixada de Samba Império Pedreirense, localizada na avenida Pedro Miranda, na altura da travessa Mauriti.

 
 -   /
/ /

A Liga das Escola de Samba de Belém realiza uma grande programação neste domingo (1º) durante a inauguração da nova Aldeia Amazônica no bairro da Pedreira, em Belém. A partir das 16h está programado para acontece a apresentação de escolas de samba. De acordo com o presidente da Fumbel, o espaço revitalizado representa um incentivo ainda maior para a cultura da cidade. Toda a programação é gratuita.

A concentração será a partir das 16h em frente à Embaixada de Samba Império Pedreirense, localizada na avenida Pedro Miranda, na altura da travessa Mauriti. O cortejo segue o percurso pela rua Antônio Everdosa, travessa Lomas Valentinas e volta para a avenida Pedro Miranda em direção à avenida do samba, na Aldeia Amazônica. A culminância será com um grande show das escolas, após a cerimônia de inauguração.

“A Aldeia Amazônica nasceu para a realização de atividades artísticas e culturais. É um espaço generoso para valorização da cultura da cidade”, destaca. “É um espaço muito importante, sobretudo, para pessoas que fazem cultura em Belém. A tendência é ocupar esse espaço com mais eventos culturais”, disse o presidente da Fumbel.

Ainda durante a inauguração, está previsto para acontecer o sorteio do desfile das escolas de samba do primeiro grupo que irão desfilar em 2020. A escola campeã de 2019, o Grêmio Recreativo Esportivo Beneficente Jurunense Rancho Não Posso me Amofiná é a única escola que poderá escolher em qual posição desfila. Já a campeã do grupo de acesso, que neste ano foi a Associação Carnavalesca Mocidade Unida do Benguí, será a primeira a se apresentar no desfile do próximo ano.

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE