Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

POLICIA

Máquinas caça-níqueis são apreendidas em dois estabelecimentos comerciais de Rio Verde

 

Os policiais civis da 1ª Delegacia Distrital de Polícia (DDP), da 8ª Delegacia Regional e do Grupo de Repressão a Narcóticos (Genarc), apreenderam seis máquinas caça-níqueis em dois pontos da cidade de Rio Verde, na tarde dessa terça-feira (12).

Após denúncia anônima via telefone, os policiais se empenharam em diligências e encontraram, em um estabelecimento comercial localizado no Posto Horizonte, do Setor Alvorada, 3 três máquinas caça-níqueis. O proprietário do estabelecimento negou ser dono das máquinas, informando que apenas alugava o local onde foram encontradas. Ele indicou a pessoa de Oscar Henrique Borges como sendo o responsável. Oscar disse que não seria proprietário, contudo confessou que dividia os lucros do ‘negócio’ com o dono das máquinas, o qual não soube informar nome e localização.

Em um outro ponto da cidade, na Vila Renovação, também em um estabelecimento comercial, foram encontradas outras 3 três máquinas caça-níqueis, quando o proprietário do estabelecimento, José Cardoso da Silva, confessou a prática delituosa, mas disse que não seria dono, apenas dividia lucros com o proprietário das máquinas.

Diante dos fatos, todos os envolvidos foram encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil, para a tomada das devidas providências. As investigações seguem, no intuito de esclarecer todos os fatos.
A prática de expor caça-níqueis é considerada jogo de azar, ato ilícito previsto na Lei das Contravenções Penais.

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE