Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

Aumentam os casos de pneumonia em Santarém e na região oeste do PA

65% dos casos são em crianças. O clima seco e a umidade baixa contribuem para o aparecimento da doença.

 
 -   /
/ /

Casos de pneumonia aumentaram este ano em Santarém e região Oeste do Pará. Desde abril o Hospital Municipal Alberto Tolentino Sotelo (HMS) registrou 162 internações por pneumonia e 65% dos casos são em crianças. O clima seco e a umidade baixa contribuem para o aparecimento da doença.

A pneumonia, geralmente, é causada por vírus, bactérias e fungos. A doença pode se espalhar por meio de espirros, tosse, toque e respiração. Os sintomas podem incluir febre alta por mais de cinco dias, tosse, cansaço, dificuldade para respirar e dor no peito. Se essas condições permanecerem por muito tempo, é preciso procurar um médico imediatamente.

Cuidados simples como lavar as mãos, evitar aglomerações e se vacinar, podem prevenir a pneumonia. As vacinas ajudam a evitar as formas mais graves da doença, mesmo não sendo capazes de prevenir todos os casos de pneumonia.

A vacina da gripe também ajuda a reduzir bastante as internações por pneumonias e até a mortalidade pela doença. Por isso, os grupos mais sujeitos às formas graves da doença como gestantes, mulheres com até 45 dias pós parto, crianças de 6 meses a 2 anos, profissionais de saúde, doentes crônicos, pessoas privadas de liberdade ou com mais de 60 anos têm que receber a vacina.

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE