Mundo

Mundo

Fechar
PUBLICIDADE

Mundo

Ministro da segurança indonésio é esfaqueado

Polícia afirma que agressor seria vinculado ao Estado Islâmico. Wiranto, de 72 anos, está consciente e em condição estável.

 
 -   /
/ /

O ministro da Segurança da Indonésia , Wiranto, foi esfaqueado nesta quinta-feira (10) em uma rua da província de Banten por um homem supostamente vinculado ao grupo extremista Estado Islâmico.

O porta-voz da polícia, Dedi Prasetyo, afirmou que, além do ministro de 72 anos, o chefe da polícia local também ficou ferido no ataque.

O agressor e uma mulher que o acompanhava foram detidos logo em seguida por assessores de Wiranto. A polícia investiga se eles fazem parte da Jemaah Ansharuf Daulah, uma rede militante muçulmana em Banten que é alinhada com o grupo do Estado Islâmico.

Com dois ferimentos profundos no abdome, ele recebeu os primeiros atendimentos no hospital de Berkah, onde chegou consciente e em condição estável. Em seguida, ele foi transferido de avião para o hospital militar Gatot Subroto, em Jacarta, a capital do país.

O presidente indonésio, Joko Widodo, visitou o seu ministro no hospital.

Como milhões de indonésios, Wiranto, tem apenas um nome.

Ministro da Segurança da Indonésia, Wiranto, fala em coletiva de imprensa em 24 de setembro  — Foto: Achmad Ibrahim/AP Ministro da Segurança da Indonésia, Wiranto, fala em coletiva de imprensa em 24 de setembro  — Foto: Achmad Ibrahim/AP

Ministro da Segurança da Indonésia, Wiranto, fala em coletiva de imprensa em 24 de setembro — Foto: Achmad Ibrahim/AP

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE