Variedades

Variedades

Fechar
PUBLICIDADE

Variedades

Olga Tokarczuk agradece prêmio Nobel de Literatura

Polonesa escreveu mensagem breve em seu Facebook: ‘A alegria e a emoção me deixaram sem palavras’.

 
 -   /
/ /

Olga Tokarczuk usou as redes sociais para agradecer o prêmio Nobel de Literatura recebido nesta quinta-feira (10).

"A alegria e a emoção me deixaram sem palavras. Muito obrigada pelas felicitações", resumiu a autora.

O prêmio entregue a Olga Tokarczuk foi referente ao ano de 2018, quando a academia cancelou a premiação após um escândalo sexual. No início de 2019, a instituição anunciou a decisão de conceder dois prêmios em 2019 para tentar recuperar seu prestígio.

Segundo a academia, o prêmio entregue a Olga foi "por uma imaginação narrativa que, com paixão enciclopédica, representa o cruzamento de fronteiras como uma forma de vida." Antes da premiação, a expectativa era que ao menos uma mulher levasse o prêmio, e a polonesa estava entre os nomes cotados, junto com a chinesa Can Xue, a russa Lyudmila Ulitskaya e a americana Joyce Carol Oates.

Olga é a 15ª mulher a ganhar um Nobel de Literatura em meio a uma centena de homens desde sua criação, em 1901.

Nesta quinta-feira (10), a Academia Sueca anunciou também o ganhador do Nobel de Literatura de 2019. O austríaco Peter Handke foi nomeado ao título "por um trabalho influente que, com ingenuidade linguística, explorou a periferia e a especificidade da experiência humana".

Olga Tokarczuk e Peter Handke ganham prêmio Nobel de Literatura

Olga Tokarczuk e Peter Handke ganham prêmio Nobel de Literatura

Olga Tokarczuk

Olga Tokarczuk nasceu em 1962, em Sulechów, na Polônia, e hoje vive em Breslau, também na Polônia. Ela estreou como escritora de ficção em 1993 com "Podróz ludzi Ksi?gi" ("A jornada do povo do livro", em tradução livre).

Segundo o Nobel, a verdadeira inovação de Tokarczuk veio com seu terceiro romance, "Prawiek i inne czasy" ("Primitivo e Outros Tempos"), de 1996. O romance é "um excelente exemplo de nova literatura polonesa após 1989", disse o comitê do prêmio.

"A obra prima de Olga Tokarczuk, até agora, é o impressionante romance histórico 'Ksi?gi Jakubowe' 2014 ('Escrituras de Jacó'). Ela mostrou neste trabalho a capacidade suprema do romance de representar um caso quase além da compreensão humana", acrescentou o comitê.

Na obra, Tokarczuk conta a história de Jacob Frank, figura histórica altamente controversa do século 18 e líder de um misterioso grupo herético judeu que se converteu em diferentes épocas ao Islã e ao catolicismo. Aplaudido pelos críticos, o livro teve violentas reações por grupos de direita na Polônia, e a autora chegou a receber ameaças de morte.

Em 2018, a escritora ganhou o Man Booker International do Reino Unido pelo romance "Flights", que reúne uma série de histórias, como um conto do século 17 sobre o anatomista holandês Philip Verheyen, que dissecou e desenhou detalhes de sua perna amputada, e uma história do século 19 sobre o coração do finado Chopin, que viajou oculto de Paris a Varsóvia.

No Brasil, foi publicado, em 2014, apenas um título em português da escritora, chamado "Os Vagantes" ("Bieguni", no título original em polonês). A editora todavia vai lançar, em novembro, outra obra dela – "Sobre os ossos dos mortos".

NOBEL 2019

  • Nobel de Medicina vai para William Kaelin, Sir Peter Ratcliffe e Gregg Semenza

  • 'Éramos jovens quando fizemos nossas descobertas', diz Nobel de Medicina 2019

  • Única brasileira na equipe do vencedor do Nobel de Medicina comemora prêmio: ‘Uma honra’

  • Trio leva Nobel de Física de 2019 por pesquisas sobre origem do Universo e descoberta de planeta

  • Vencedor do Nobel de Física 2019 elevou a cosmologia à ciência de fato

  • 'Em êxtase', diz brasileiro sobre prêmio Nobel para colegas de universidade que pesquisam exoplanetas

  • Nobel de Química 2019 vai para trio que desenvolveu baterias de íons de lítio

  • John B. Goodenough é a pessoa mais velha a ganhar o Nobel, aos 97 anos

  • Olga Tokarczuk e Peter Handke ganham prêmio Nobel de Literatura

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE