Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

Ex-prefeito de Tucuruí é condenado por atos de improbidade administrativa

Além do ex-prefeito, a ex-secretária de Educação de Tucuruí, um empresário e duas empresas também foram condenados.

 
 -   /
/ /

A Justiça Federal condenou o ex-prefeito de Tucuruí, Sancler Antônio Wanderley Ferrerira por atos de improbidade administrativa. As informações foram divulgadas pela Justiça Federal nesta terça-feira (10).

O ex-prefeito é acusado de malversação de recursos federais repassados pelo Fundo Nacional de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) no período em que foi prefeito do município, entre 2009 e 2015.

Além do ex-prefeito, foram condenados também a ex-secretária de Educação de Tucuruí, Merivani Ferreira Pereira, o empresário Sidcley Albuquerque de Freitas e as empresas S.A de Freitas e Freitas Construções e Comércio.

De acordo com a sentença, parte da verba destinada pelo Fundeb foi empregada na contratação de locação de embarcações para o transporte de alunos das escolas da região. Segundo o Ministério Público Federal (MPF), os barcos utilizados estavam inadequados para o transporte de pessoas: não havia kit de primeiros socorros, os condutores das embarcações não eram habilitados e o limiar auditivo estava além da capacidade humana.

O ex-prefeito, a ex-secretária e o empresário foram condenados a pagar multa civil no valor de R$1.659.262,50, além de terem seus direitos políticos suspensos por sete anos e serem proibidos de contratar com o Poder Público ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios.

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE