Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

POLICIA

Preso em Jataí suspeito de fraude bancária com cartões de crédito; esquema criminoso fez centenas de vítimas

 

As equipes dos Grupos de Repressão a Narcóticos (Genarc) e aos Crimes Patrimoniais (Gepatri) de Jataí cumpriram, nessa quinta-feira (22), mandado de prisão preventiva em desfavor de Anderson Ramalho da Silva. Os policiais civis desarticularam esquema criminoso envolvendo fraudes por meio de cartões de crédito.

O autor, com vasto antecedente criminal e considerado foragido desde que rompeu tornozeleira eletrônica em processo criminal por crime de roubo a mão armada, foi encontrado com diversas identidades falsas e cartões de crédito em nome de terceiros. Ele movimentava grande quantidade em dinheiro por meio de compras online, já que mantinha uma espécie de escritório na própria residência, utilizando máquinas de cartão de crédito.

A Polícia Civil acredita que mais de 700 pessoas foram vítimas da fraude, dentre juízes, promotores, advogados, empresários e médicos, cujos cartões tinham como limite de crédito valor entre quatro a quinze mil reais.

Segundo o delegado Marlon Souza Luz, na residência do autor também foram apreendidas centenas de fichas cadastrais com nomes de clientes de bancos de vários estados da federação, além de vasto material de informática que comprova a prática delitiva.

No momento da prisão, Anderson Ramalho movimentava pela internet cerca de R$ 100 mil reais em compras e investimentos por meio dos cartões das vítimas.

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE