Mundo

Mundo

Fechar
PUBLICIDADE

Atualidades

Colunista se mostra preocupado com a falta de reconhecimento das instituições científicas

“Agora não sabemos se o Inpe vai falar o que o presidente gosta ou a verdade revelada pelos dados”, observa Glauco Arbix

 

download do áudio O professor Glauco Arbix se mostra extremamente preocupado com o questionamento do presidente Bolsonaro sobre a idoneidade dos dados do Inpe – Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, um instituto renomado no mundo todo, que inclusive desenvolveu tecnologias adequadas para leitura de imagens de satélites, para acompanhar problemas em relação às florestas e à natureza em geral.

Para Arbix, o presidente, ao duvidar e criticar duramente o Inpe, inaugura uma maneira exótica de tratar os dados científicos no Brasil. “É uma situação deplorável no que se refere ao respeito e ao reconhecimento que as instituições científicas merecem e que dedicam suas vidas para isso”, analisa.

Outro ponto inusitado relatado pelo colunista é o fato de o ministro da Ciência e Tecnologia, Marcos Pontes, ter concordado com a ação do presidente. “Não sabemos se o Inpe vai falar o que o presidente gosta ou a verdade. O povo brasileiro e o mundo todo têm que saber a verdade, uma preocupação básica de quem trabalha com ciência”, afirma.

Ouça no link acima a íntegra da coluna Observatório da Inovação.


Observatório da Inovação
A coluna Observatório da Inovação, com o professor Glauco Arbix, vai ao ar toda segunda-feira às 10h50, na Rádio USP (São Paulo 93,7 FM; Ribeirão Preto 107,9 FM) e também no Youtube, com produção do Jornal da USP e TV USP.

.

jQuery(document).ready(function($) { $.post('https://jornal.usp.br/wp-admin/admin-ajax.php', {action: 'wpt_view_count', id: '264178'}); });

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE