Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

POLICIA

Operação da 22ª Delegacia Distrital apura furto de energia elétrica em aeródromo de Goiânia

 

A Polícia Civil de Goiás, por meio da 22ª Delegacia Distrital de Polícia de Goiânia, em conjunto com 12º e 21º DPs, e com apoio de peritos criminais da Polícia Técnico-Científica e equipes técnicas da Empresa Enel Distribuição Goiás, deflagrou, no dia 18 de julho, operação policial para coibir a prática do crime de furto de energia elétrica, na modalidade ligação direta na rede de energia, popularmente conhecido como “gato”, ocorrido de forma permanente nas dependências do Parque Aeronáutico Antonio Sebba Filho, localizado na GO-070.

Após diligências ininterruptas que se estenderam por todo o dia, foram vistoriados cerca 40 hangares, dos quais 19 se encontravam com ligações clandestinas diretamente na rede de energia, sendo oito com consumo no momento da verificação. Cinco representantes (gerentes e proprietários) de empresas com atuação no local foram presos em flagrante e dois funcionários foram conduzidos para oitiva.

Segundo o delegado Wellington Lemos, a operação foi considerada pelas instituições participantes como positiva, sobretudo, porque cumpriu o propósito de preservação à vida e ao patrimônio alheio. “Além do crime e do prejuízo em si, existe o perigo que tais instalações clandestinas oferecem em razão do risco iminente de acidente elétrico”, pontuou.

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE