Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

Suspeito de matar homem durante briga em fila de supermercado é preso em Cidade Ocidental

Testemunhas contaram que vítima tentou furar fila e o outro cliente sacou a arma e atirou. A câmera de segurança do comércio registrou o crime.

 
 -   /
/ /

Um homem de 39 anos suspeito de matar um cliente de um supermercado no Pará durante uma briga na fila do caixa foi preso na noite de quinta-feira (13) em Cidade Ocidental, no Entorno do Distrito Federal. Câmeras de vigilância registraram o crime (veja acima).

A Polícia Militar localizou o homem após uma denúncia. Ele foi encontrado em um ponto de ônibus com o tio, pronto para embarcar para a casa de outro familiar. De acordo com o registro de ocorrência, o suspeito confessou o crime.

Ao revistarem a mala que estava com ele, os policiais encontraram um revólver calibre 38 com numeração de identificação raspada e seis balas. Ainda segundo a ocorrência, o homem disse que foi a mesma arma usada no crime.

O homem foi levado para o 1º Distrito Policial de Luziânia, onde foi preso em flagrante por porte ilegal de arma de fogo. A detenção dele já foi informada à Polícia Civil do Pará.

O assassinato aconteceu no domingo (9) em um supermercado de Marabá, no sudeste do Pará. O vídeo da câmera de segurança mostra quando um homem está passando as compras pelo caixa. Testemunhas disseram que a vítima, identificada como Ronaldo dos Santos Lima, de 22 anos, tentou furar a fila, o que provocou uma discussão entre os dois.

O cliente que passava as compras saca uma arma e atira contra o jovem, que cai. A vítima chegou a ser socorrida, mas morreu logo após chegar ao hospital.

Veja outras notícias do estado no G1 Goiás.

Homem é preso em Cidade Ocidental suspeito de matar cliente de supermercado — Foto: Reprodução/TV Liberal Homem é preso em Cidade Ocidental suspeito de matar cliente de supermercado — Foto: Reprodução/TV Liberal

Homem é preso em Cidade Ocidental suspeito de matar cliente de supermercado — Foto: Reprodução/TV Liberal

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE