Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

Agendamento para cadastro do Residencial Moaçara encerra na sexta-feira, 14

O agendamento está sendo feito para evitar as enormes filas que se formaram no primeiro dia de cadastro.

 
 -   /
/ /

Ate sexta-feira (14), o Trabalho Técnico Social (TTS) fará o agendamento para os interessados no cadastramento para o Residencial Moaçara I e II, do Programa Minha Casa Minha Vida, do Governo Federal, em Santarém, oeste do Pará.

"Já temos agendamento até o dia 10 de julho. Estamos cadastrando 150 pessoas por dia e mais 50 pessoas que têm prioridades, ou seja, são 200 cadastros diários. Então serão cerca de 6 mil cadastros que nossa equipe vai realizar", explicou a coordenadora do TTS, Euna Vasconcelos.

Durante o agendamento a equipe informa os documentos que são necessários. "Nossa equipe foi treinada por técnicos da Caixa Econômica Federal e estão trabalhando nos turnos da manha e tarde para atender o maior número de pessoas. Os interessados devem comparecer no prédio do TTS e agendar para não perder essa oportunidade", finalizou.

O agendamento do cadastro é feito no prédio do TTS, localizado na Avenida Cuiabá, nº 661, bairro Laguinho, das 8h às 12h e das 14h às 17h.

Para o cadastro é necessário apresentar todos os documentos abaixo relacionados (original e cópia legível)

  • CAD Único atualizado
  • Carteira de Identidade
  • CPF
  • Comprovante do estado civil (certidão de nascimento, certidão de casamento, se viúvo o atestado de óbito do cônjuge)
  • Comprovante de renda (formal e informal)
  • Comprovante de residência
  • Comprovante de estado de deficiência por órgão ou perito oficial (se portador de deficiência).

Critérios do Programa

  1. Estar inscrito no Cadastro Único para Programa Sociais do Governo Federal;
  2. Não ter imóvel próprio em seu nome ou ter sido beneficiado por algum programa habitacional do governo;
  3. Renda familiar mensal bruta de até R$ 1.800,00
  4. Famílias que residam em área de risco, insalubres ou que tenham sido desabrigadas;
  5. Famílias com mulheres responsáveis pela unidade familiar;
  6. Famílias de que façam parte pessoas com deficiência;
  7. Famílias moradoras do Município há mais de 5 anos;
  8. Famílias que façam parte pessoas em situação de rua ou que recebam acompanhamento socioassistencial no Município e que constem como tal no Cadastro Único para Programa Sociais do Governo Federal - CadÚnico até 06 meses antes do processo de seleção.

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE