Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

Projeto ‘Conquistando a liberdade’ pode ser retomado em Santarém em parceria entre Prefeitura e Susipe

O assunto foi tratado durante reunião entre representantes da Susipe e o prefeito Nélio Aguiar.

 
 -   /
/ /

A retomada da parceria entre a Superintendência do Sistema Penal e a Prefeitura de Santarém, no oeste do Pará, para a execução do projeto Conquistando a Liberdade, está sendo tratada pelo prefeito Nélio Aguiar e diretores da Susipe.

Em 2017, o projeto foi executado em Santarém por meio de parceria entre Prefeitura e a Susipe, com módulo educativo e módulo laboral. O projeto dá aos detentos do regime semiaberto a oportunidade de realizar serviços não remunerados na recuperação de prédios públicos e de partilhar com a comunidade escolar, a dolorosa experiência no cárcere.

"Esse projeto nós já trabalhamos e ele possibilitou pintura de escolas e unidades de saúde do município. Pretendemos também fechar parceria para trabalhar o projeto 'Ruas da Liberdade', no qual os detentos confeccionariam peças de concreto para pavimentar algumas ruas da cidade”, destacou Nélio.

Assistência em saúde

Durante o encontro, os diretores da Susipe agradeceram ao prefeito toda ajuda que o município tem dado aos internos quando eles precisam de atendimento extra muro. Os presos são atendidos no Hospital Municipal e no CAPS, dependendo da necessidade.

Foi tratado sobre a possibilidade de assinatura de um termo de cooperação para definir repasse de recursos e entender onde ele está sendo aplicado.

Também foi tratada a grave questão da medicação para os doentes mentais. O CAPS só tem um médico voltado à questão da saúde mental. “Hoje, nós temos no Crashm 22 internos precisando de atendimento psiquiátrico, por surto ou por doença mesmo, e nós precisamos desse atendimento através de um profissional especializado em doença mental. Então foi um grande ganho e eu acredito que ela vai conseguir que os internos sejam atendidos pelo menos uma vez por mês", disse a diretora da Divisão de Assistência Biopsicossocial, Ana Paula Frias.

Dentre as solicitações feitas - listadas como uma das prioridades - está a pavimentação de 3 km de trecho da via que liga a "estrada do presídio", como é conhecida e que parte da PA.

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE