Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

POLICIA

Policiais civis prendem em Luziânia mulher suspeita de matar vítima à facadas; o corpo foi carbonizado

 

Os policiais civis dos grupos de Repressão a Narcóticos (Genarc) e de Repressão aos Crimes Patrimoniais (Gepatri) de Luziânia cumpriram mandado de prisão preventiva em desfavor de Mariana Eduardo de Sousa, 22 anos, suspeita de autoria em crime de homicídio.

O crime foi praticado no ano de 2016, no Setor Mignone II, em Luziânia. Na ocasião, Mariana e outros comparsas ceifaram a vida de um homem mediante golpes de faca. Logo após praticar o crime, os autores jogaram o corpo da vítima em um buraco e atearam fogo.

Agora detida, Mariana Sousa foi recolhida à unidade prisional da cidade, onde permanecerá à disposição da Justiça.

Delegado Responsável: Danillo Martins.

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE