Variedades

Variedades

Fechar
PUBLICIDADE

Variedades

Promotoria vai pedir pena de morte para YNW Melly, rapper acusado de matar amigos nos EUA

Promotores afirmam que cantor de 19 anos matou dois amigos a tiros e tentou disfarçar o crime como ataque feito por gangue.

 
 -   /
/ /

A promotoria da Flórida pedirá a pena de morte para o rapper YNW Melly, caso seja condenado pelo assassinato a tiros de dois amigos seus em um incidente ocorrido em outubro de 2018, segundo a emissora de notícias CNN.

O rapper, de 19 anos, está sendo acusado pelo assassinato em primeiro grau de Anthony Williams, de 21, e Christopher Thomas Jr., de 19, em 26 de outubro de 2018.

O assassinato, que seria motivado por razões financeiras, "foi especialmente atroz", segundo afirmou a promotoria em documentos judiciais, nos quais acrescenta que o rapper cometeu o homicídio de "maneira fria, calculada e premeditada".

O músico, cujo verdadeiro nome é Jamell Demons, enfrenta as acusações de assassinato junto com o também rapper Cortlen Henry, e ambos supostamente fizeram parecer que as vítimas tinham sido baleadas em um ataque de gangue, segundo a polícia.

Williams e Thomas Jr., que segundo a polícia eram "amigos próximos" de Demons, morreram no Memorial Hospital Miramar, ao noroeste de Miami, para onde foram levados por Henry.

As vítimas, aspirantes a rappers, tinham se mudado recentemente de Vero Beach para o Condado de Broward, no sudeste da Flórida, para impulsionar suas carreiras musicais.

Tanto Demons como Henry foram detidos no último mês de fevereiro e indiciados por assassinato em primeiro grau.

YNW Melly lançou em janeiro a música "Mixed Personalities", com Kanye West, e seu primeiro disco de estúdio, "We All Shine". O rapper se preparava para iniciar sua primeira turnê nacional.


Quer comprar um apartamento num dos centros de Goiânia?

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE