Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

POLÍTICA

Deputado propõem CPI para investigar rombo bilionário na previdência dos servidores públicos

 
O deputado estadual João Batista (PROS) apresentou nesta quinta-feira (14.03) um requerimento solicitando a instauração de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar um suposto rombo milionário na Previdência Social dos servidores públicos de Mato Grosso.

De acordo com informações do Governo do Estado, em 2018 o MT-Prev fechou com déficit financeiro de cerca de R$ 1 bilhão, fazendo com que o Poder Público destinasse cerca de 4% de toda sua receita para cobrir o rombo no sistema de previdência dos servidores públicos estaduais.

Segundo o deputado João Batista, com a CPI poderá se apurar todo o rombo no sistema de previdência, examinar o recolhimento dos Poderes em relação a previdência. “Existe denúncias que alguns Poderes não estão repassando a parte patronal”, declarou o tucano.

Além disso, ele declarou que com apuração será possível saber se realmente o que se arrecada hoje é insuficiente para arcar com os pagamentos de aposentados e pensionistas.

João Batista informou que 14 deputados, incluindo ele, assinaram o pedido de CPI, sendo eles: Janaina Riva (MDB), Elizeu Nascimento (DC), Dr. Claudinei (PSL), Valdir Barranco (PT), Lúdio Cabral (PT), Max Russi (PSB), Wilson Santos (PSDB), Dr. João (MDB), Romoaldo Júnior (MDB) e Thiago Silva (MDB).


VG Notícias

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE