Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

REGIONAL

Justiça Federal marca audiência da Ararath

 
O juiz da 5ª Vara Federal de Cuiabá, Jeferson Schneider, marcou para 25 de abril de 2019, às 13h30min, a audiência da Operação Ararath, que apura crimes contra o sistema financeiro. Na audiência, serão ouvidas testemunhas do ex-secretário de Estado, Eder de Moraes.

“Dando início à instrução, designo audiência para o dia 25/04/2019, às 13h30min (horário local), para a oitiva das/os testemunhas/informantes da acusação, Gleice de Moraes Dias, Yldercir de Moraes Dias, Monize Costa Dias, Eder de Moraes Dias Júnior e Marcos Antônio Maluf, comuns à defesa do acusado ÉDER DE MORAES DIAS” cita trecho da decisão.

Na mesma decisão, o magistrado declarou extinta a punibilidade de Celso Luiz Duarte Bezerra, que morreu em outubro de 2018, após sofrer um infarto fulminante.

“Assim, diante da certidão de óbito, acolho a manifestação ministerial e DECLARO EXTINTA A PUNIBILIDADE do réu CELSON LUIZ DUARTE BEZERRA” trecho da decisao,

O magistrado federal também homologou a a desistência das testemunhas Célio Roberto Nascimento, Márcio Emrich Guimarães Leão, Jacira Mota de Sousa e Josiane Conceição Oliveira da Silva, qualificadas como abonatórias pela defesa técnica do réu Marcelo Benedito Maluf, cujas declarações poderão ser juntadas a qualquer tempo no processo.

Entenda - A ação penal é oriunda da 11ª fase da Operação Ararath, que tramita em segredo de justiça e apurou a participação de empresários do ramo imobiliário em Mato Grosso em possível esquema de lavagem de dinheiro através da compra de imóveis em nome de "laranjas".

Conforme a Polícia Federal, os recursos utilizados para comprar os imóveis de luxo eram frutos da corrupção no âmbito de Mato Grosso.


VG Notícias

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

Mais Lidas em Cidades

PUBLICIDADE

Últimas em Cidades

PUBLICIDADE