Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

REGIONAL

Justiça Federal marca audiência da Ararath

 
O juiz da 5ª Vara Federal de Cuiabá, Jeferson Schneider, marcou para 25 de abril de 2019, às 13h30min, a audiência da Operação Ararath, que apura crimes contra o sistema financeiro. Na audiência, serão ouvidas testemunhas do ex-secretário de Estado, Eder de Moraes.

“Dando início à instrução, designo audiência para o dia 25/04/2019, às 13h30min (horário local), para a oitiva das/os testemunhas/informantes da acusação, Gleice de Moraes Dias, Yldercir de Moraes Dias, Monize Costa Dias, Eder de Moraes Dias Júnior e Marcos Antônio Maluf, comuns à defesa do acusado ÉDER DE MORAES DIAS” cita trecho da decisão.

Na mesma decisão, o magistrado declarou extinta a punibilidade de Celso Luiz Duarte Bezerra, que morreu em outubro de 2018, após sofrer um infarto fulminante.

“Assim, diante da certidão de óbito, acolho a manifestação ministerial e DECLARO EXTINTA A PUNIBILIDADE do réu CELSON LUIZ DUARTE BEZERRA” trecho da decisao,

O magistrado federal também homologou a a desistência das testemunhas Célio Roberto Nascimento, Márcio Emrich Guimarães Leão, Jacira Mota de Sousa e Josiane Conceição Oliveira da Silva, qualificadas como abonatórias pela defesa técnica do réu Marcelo Benedito Maluf, cujas declarações poderão ser juntadas a qualquer tempo no processo.

Entenda - A ação penal é oriunda da 11ª fase da Operação Ararath, que tramita em segredo de justiça e apurou a participação de empresários do ramo imobiliário em Mato Grosso em possível esquema de lavagem de dinheiro através da compra de imóveis em nome de "laranjas".

Conforme a Polícia Federal, os recursos utilizados para comprar os imóveis de luxo eram frutos da corrupção no âmbito de Mato Grosso.


VG Notícias

 

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

Mais Lidas em Cidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE