Variedades

Variedades

Fechar
PUBLICIDADE

Variedades

Editora do livro '''Boy Erased''' lamenta cancelamento de filme no Brasil

Intrínseca fala sobre decisão de publicação de obra no país: ‘Avaliamos que o livro seria uma importante contribuição para debates e que ajudaria a tornar pública a situação que muitos sofrem em silêncio’.

 

A editora Intrínseca, responsável pela publicação do livro "Boy Erased" no Brasil, lamentou o cancelamento do filme inspirado na obra no país.

Segundo o estúdio Universal Pictures, o longa, previsto para chegar ao país em janeiro, teve seu lançamento cancelado “por uma questão comercial baseada no custo de campanha de lançamento versus estimativa de bilheteria nos cinemas”.

Ao saber do cancelamento, Garrard Conley, autor do livro no qual o filme é baseado, escreveu sobre o caso no Twitter, mas depois apagou o post: "'Boy Erased' censurado no Brasil. Sentia que isso poderia acontecer e estou muito triste que esse tipo de coisa aconteça em um país tão incrível".

Editora lamenta

"Garrard Conley narra em ‘Boy Erased’ sua comovente história de sofrimento e superação ao ser forçado a participar do processo que prometia pretensa cura para algo que não precisava ser tratado".

"Quando decidimos publicar o livro no Brasil, acreditamos que junto com a adaptação cinematográfica de suas memórias poderíamos levar uma mensagem necessária de tolerância e superação para todos que vivem situações semelhantes de repressão a suas sexualidades".

"Avaliamos que o livro seria uma importante contribuição para debates e que ajudaria a tornar pública a situação que muitos sofrem em silêncio”, afirmou a Editora Intrínseca em comunicado oficial.

“Nossa edição de ‘Boy Erased: Uma verdade anulada’ foi lançada no início de janeiro com boa recepção por leitores, pela mídia e influenciadores. Como muitos, lamentamos a notícia recente de que o filme não será mais exibido nos cinemas do Brasil. Mesmo assim, nossa crença na relevância do relato de Conley e nosso empenho para divulgá-lo permanecem inalterados".

"Manteremos nossos esforços para a promoção do livro como inicialmente planejado, com a certeza da relevância do tema e de sua contribuição para uma sociedade plural e livre de preconceitos”, seguiu a editora, que optou por incluir uma capa adicional no livro com a imagem do filme.

Assista ao trailer de

Assista ao trailer de "Boy Erased: Uma Verdade Anulada"

Qual a história de 'Boy Erared'?

Estrelado por Nicole Kidman, Russell Crowe e Lucas Hedges , “Boy Erased” conta a história do jovem Garrard, de 19 anos. Morador de uma pequena cidade conservadora do Arkansas, ele é gay e filho de um pastor da igreja batista.

Ele é confrontado pela família: ou arrisca perder sua família e amigos ou entra num programa de terapia que busca da "cura" da homossexualidade.

O filme é baseado no livro de memórias homônimo escrito por Garrard Conley em 2016, onde o autor conta sua infância em uma família que o matriculou em terapia de conversão. A estreia mundial foi em setembro de 2018 durante o Festival de Cinema de Telluride.

Lucas Hedges foi indicado ao Globo de Ouro 2019 por seu trabalho no longa. Quem levou o prêmio foi Rami Malek, de "Bohemian Rhapsody".

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE