Variedades

Variedades

Fechar
PUBLICIDADE

Variedades

Promotoria da Espanha vai apresentar denúncia contra Shakira por fraude fiscal

Agência tributária do país acusa cantora de sonegar 14,5 milhões de euros R$ 63,6 milhões .

 
 -   head  meta charset 'utf-8 link rel 'preconnect' href 'https://cocoon.globo.com link rel 'dns-prefetch' href 'https://cocoon.globo.com link rel 'prec
head meta charset 'utf-8 link rel 'preconnect' href 'https://cocoon.globo.com link rel 'dns-prefetch' href 'https://cocoon.globo.com link rel 'prec

A Promotoria da Espanha vai apresentar denúncia contra Shakira por fraude fiscal. Após investigação, a agência tributária do país concluiu que a cantora sonegou 14,5 milhões de euros (R$ 63,6 milhões) de impostos de renda e patrimônio entre 2012 e 2014.

Durante os três anos investigados, a cantora teve residência fiscal fora do país e não pagou impostos. Para a agência tributária, no entanto, Shakira morou na Espanha durante o período.

Pela lei tributária, tem residência fiscal na Espanha quem passar mais da metade do ano no país, equivalente a 183 dias.

A maior dificuldade da Promotoria tem sido provar que a cantora de fato ficou no país por esse período em cada um dos anos. Parte da investigação rastreou postagens em redes sociais e estabelecimentos comerciais frequentados por ela.

Em nota, a assessoria da colombiana negou irregularidades: “Shakira cumpriu em todos os momentos com suas obrigações tributárias e não deve qualquer quantia à Fazenda espanhola”.

“A cantora tem uma atividade profissional intensa fora da Espanha e quase 90% de sua renda vem de outros países. Sua estrutura familiar é muito diferente dos modelos convencionais”, declarou a assessoria.

 

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE