Mundo

Mundo

Fechar
PUBLICIDADE

Mundo

Incêndios florestais na Califórnia aumentam de tamanho e número de mortos sobe

No sul do estado, área atingida pelo fogo dobrou. Mais de 250 mil casas tiveram ordem de evacuação.

 
 -   head  meta charset 'utf-8 link rel 'preconnect' href 'https://cocoon.globo.com link rel 'dns-prefetch' href 'https://cocoon.globo.com link rel 'prec
head meta charset 'utf-8 link rel 'preconnect' href 'https://cocoon.globo.com link rel 'dns-prefetch' href 'https://cocoon.globo.com link rel 'prec

A área atingida por incêndios florestais na Califórnia, Estados Unidos, aumentou de tamanho neste sábado (10). Na parte sul do estado, próximo a Malibu, a região destruída pelo fogo dobrou de tamanho e chegou a 282 quilômetros quadrados, segundo informação da agência Associated Press. Ali, as equipes de resgate encontraram dois corpos. Considerando as outras nove vítimas do fogo também no norte californiano, o total de mortos subiu para 11.

Esses dois corpos foram encontrados em uma região menos populosa de Malibu, perto de Los Angeles. A cidade, à beira do mar, é conhecida por abrigar celebridades. Por causa do fogo, famosos como Lady Gaga e Kim Kardashian tiveram de deixar suas mansões.

Fumaça de incêndio em Malibu, sul da Califórnia — Foto: Ben Watkins/Cortesia à AP Fumaça de incêndio em Malibu, sul da Califórnia — Foto: Ben Watkins/Cortesia à AP

Fumaça de incêndio em Malibu, sul da Califórnia — Foto: Ben Watkins/Cortesia à AP

Casa destruída por incêndio florestal em Malibu, no sul da Califórnia — Foto: Ringo H.W. Chiu/AP Photo Casa destruída por incêndio florestal em Malibu, no sul da Califórnia — Foto: Ringo H.W. Chiu/AP Photo

Casa destruída por incêndio florestal em Malibu, no sul da Califórnia — Foto: Ringo H.W. Chiu/AP Photo

Fumaça de incêndio avança sobre Malibu, Califórnia — Foto: Ben Watkins/Cortesia à AP Fumaça de incêndio avança sobre Malibu, Califórnia — Foto: Ben Watkins/Cortesia à AP

Fumaça de incêndio avança sobre Malibu, Califórnia — Foto: Ben Watkins/Cortesia à AP

Os bombeiros de Los Angeles estimam que o fogo tenha destruído 150 casas no sul da Califórnia. Para evitar mais danos, há ordem de evacuação para outras 250 mil casas.

Segundo o governo dos EUA, o sul da Califórnia passa por uma seca grave. O estado saiu em 2017 de um período de estiagem de cinco anos. Em 2018, porém, outra estação seca atingiu os californianos – e, desta vez, os moradores da parte norte também foram afetados.

Norte da Califórnia

Jovem foge com o cachorro de cidade atingida por incêndio no norte da Califórnia — Foto: John Locher/AP Photo Jovem foge com o cachorro de cidade atingida por incêndio no norte da Califórnia — Foto: John Locher/AP Photo

Jovem foge com o cachorro de cidade atingida por incêndio no norte da Califórnia — Foto: John Locher/AP Photo

O norte da Califórnia, inclusive, sofre com incêndios ainda mais graves do que os que castigam o sul do estado. Lá, a área em chamas chegou a 404 quilômetros quadrados de extensão neste sábado. Mais de 6,7 mil construções foram destruídas pelo fogo, segundo a AP.

Paradise, uma cidade de 27 mil habitantes fundada no início do século XIX, foi completamente destruída pelo incêndio. Desde quinta-feira, nove pessoas foram encontradas mortas na região – quase todas em rodovias ou do lado de fora das casas, o que indica que tentavam fugir das labaredas.

Até sexta-feira, na região, 150 mil pessoas tiveram de deixar suas casas por causa dos incêndios.

Homem vasculha, com bombeiros, carro de amigo consumido pelo fogo no norte da Califórnia — Foto: Noah Berger/AP Photo Homem vasculha, com bombeiros, carro de amigo consumido pelo fogo no norte da Califórnia — Foto: Noah Berger/AP Photo

Homem vasculha, com bombeiros, carro de amigo consumido pelo fogo no norte da Califórnia — Foto: Noah Berger/AP Photo

Burro amarrado próximo a rodovia em chamas no norte da Califórnia — Foto: Noah Berger/AP Photo Burro amarrado próximo a rodovia em chamas no norte da Califórnia — Foto: Noah Berger/AP Photo

Burro amarrado próximo a rodovia em chamas no norte da Califórnia — Foto: Noah Berger/AP Photo

Trump culpa governo californiano

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, culpou o governo da Califórnia pela "má administração das florestas" que, segundo ele, provocou os devastadores incêndios do estado e ameaçou cancelar futuras ajudas federais.

"Não há razão para esses incêndios florestais enormes, mortais e onerosos na Califórnia, exceto pelo fato de a gestão florestal ser tão pobre. Bilhões de dólares são dados todos os anos e tantas vidas foram perdidas, tudo por causa da má administração das florestas. Ou se remedia agora ou não haverá mais pagamentos federais!", afirmou Trump no Twitter.

O presidente americano aprovou uma declaração de emergência para o estado, que oferece às regiões afetadas ajuda e suporte aéreo, mas afirmou que poderia não voltar a fazer isso no futuro.

 

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE