Mundo

Mundo

Fechar
PUBLICIDADE

Mundo

Boeing faz pouso de emergência na Guiana

Aeronave que viajava para Toronto teve que retornar a Georgetown ao apresentar problema hidraúlico.

 
 -   head  meta charset 'utf-8 link rel 'preconnect' href 'https://cocoon.globo.com link rel 'dns-prefetch' href 'https://cocoon.globo.com link rel 'prec
head meta charset 'utf-8 link rel 'preconnect' href 'https://cocoon.globo.com link rel 'dns-prefetch' href 'https://cocoon.globo.com link rel 'prec

Um Boeing transportando 128 pessoas precisou fazer um pouso de emergência no aeroporto de Georgetown, na Guiana, na madrugada desta sexta-feira (9), deixando seis feridos leves, informou o Ministério dos Transportes.

O aparelho da companhia aérea Fly Jamaica Airways tinha Toronto como destino quando sofreu um problema hidráulico pouco depois de sua decolagem e voltou para o aeroporto. Lá, bateu contra o solo e saiu da pista, relatou o ministro da pasta, David Patterson.

Os feridos se encontram em situação estável, e seus ferimentos não são graves, acrescentou.

O Boeing 757-200 transportava 120 passageiros e oito tripulantes.

Avião fez pouso de emergência na Guiana — Foto: Reuters/Cheddi Jagan International Airport Avião fez pouso de emergência na Guiana — Foto: Reuters/Cheddi Jagan International Airport

Avião fez pouso de emergência na Guiana — Foto: Reuters/Cheddi Jagan International Airport

Dez minutos depois de decolar, o piloto reportou um problema no sistema hidráulico.

"Podemos confirmar que o voo Fly Jamaica OJ256 com destino a Toronto retornou para Georgetown com um problema técnico e sofreu um acidente durante o pouso", disse a companhia aérea.

"Os passageiros e a tripulação estão seguros. Estamos fornecendo assistência no local", completou a empresa.

 

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE