Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

POLÍTICA

Mauro quer coordenar pessoalmente transição e faz reunião por emendas de R$ 150 milhões

 
 -
Governador eleito, Mauro Mendes (DEM) afirmou nesta segunda-feira (8) que coordenará pessoalmente a equipe de transição nos próximos meses de 2018, até o fim do mandato de Pedro Taques (PSDB). Segundo ele, a medida é necessária para ter todas as informações sobre o atual cenário de Mato Grosso. 

A informação foi divulgada durante entrevista no Jornal do Meio Dia, da TV Vila Real. O Democrata explicou ainda que se reúne nesta segunda-feira (8) com deputados federais e senadores para discutir emendas de aproximadamente R$ 150 milhões.   

“Hoje nós já temos a primeira reunião de trabalho, conforme havíamos prometido. Teremos uma reunião com alguns deputados federais, senadores, para falar sobre o processo de definição das emendas parlamentares, da emenda de bancada, quase R$ 150 milhões para o próximo ano, que será definido pelos atuais deputados federais e senadores, nós já queremos abrir um diálogo com eles”, afirmou.   

Mauro Mendes foi eleito com 58,6%, cerca de 840 mil indicações. Além da reunião com deputados e senadores, o primeiro dia após votação também contará com uma reunião para determinar a metodologia da transição.   

“Nós vamos conversar também sobre os primeiros passos que nós faremos para definir equipe, metodologia de trabalho, na transição, mas eu irei pessoalmente coordenar essa equipe de transição, que será por área, por setores, mas eu faço questão, porque preciso ter todas as informações necessárias”.


Gazeta Digital

 

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

Mais Lidas em Cidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE