Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

REGIONAL

TCE determina que prefeito de Poconé respeite Lei de Responsabilidade Fiscal

 
A 2ª Câmara do Tribunal de Contas de Mato Grosso determinou ao prefeito de Poconé, Atail Marques do Amaral, que cumpra legislação municipal no sentido de designar para o cargo de controlador-geral do município um servidor efetivo concursado. O prefeito deve ainda se abster de aumentar as despesas com pessoal, a fim de se adequar à Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). E, para que isso ocorra, precisa anular o ato de nomeação de Charles Caetano Rosa para o cargo de chefe de gabinete do prefeito. 

A decisão é resultado do julgamento de Representação de Natureza Interna (RNI) instaurada para apurar suposto descumprimento do limite prudencial de despesas com pessoal e a nomeação de pessoa não pertencente ao quadro efetivo do Município para o cargo de controlador-geral. Um alerta já havia sido enviado ao chefe do Poder Executivo de Poconé relativo ao alcance do limite prudencial de despesa com pessoal com vistas a evitar o comprometimento de grande parte ou toda a receita de órgão ou ente público. 

Porém, o prefeito de Poconé, no mesmo ato em que suspendeu provisoriamente a nomeação de Charles Caetano Rosa para o cargo de controlador-geral, nomeou-o para ocupar o cargo de chefe de gabinete. “Portanto, a exoneração de Charles Caetano Rosa do cargo de controlador-geral do Município de Poconé e posterior nomeação como chefe de gabinete do prefeito não afasta a irregularidade, pois tal mudança de cargo também configura como ato irregular previsto na Lei de Responsabilidade Fiscal”, observou o relator do Processo nº 345040/2017, referente à RNI, conselheiro interino João Batista Camargo.

Por considerar que, além de afrontar lei municipal, Atail Marques do Amaral comprometeu o limite prudencial de gastos com pessoal e demonstrou má-fé após ter tomado ciência da irregularidade de sua ação, o conselheiro aplicou multa de 6 UPFs ao gestor. O voto do relator foi acompanhado na íntegra pelos membros da 2ª Câmara, que se reuniram em sessão ordinária no dia 26 de setembro.


Da Assessoria

 

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

Mais Lidas em Cidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE