Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

POLÍTICA

Antero diz que “arrogância” fez Taques perder e que ele pode entrar no ‘Guiness’ por cirurgias da Caravana

 
 -

O marqueteiro Antero Paes de Barros saiu com mais uma vitória em eleições no seu currículo. Após confirmado que Mauro Mendes (DEM) será o novo governador de Mato Grosso, o ex-senador lembrou dos ataques que o ex-prefeito enfrentou . Por fim, disse que Taques perdeu a eleição por “arrogância e falta de humildade” e que não usou a questão da Caravana da Transformação por achar que, apesar dos problemas, ela ainda tem coisas positivas.

Questionado sobre qual seria o motivo para que Pedro Taques (PSDB) não conseguiu a reeleição, Antero não pensou duas vezes: “A arrogância e a falta de humildade. Se ele tivesse tido humildade ele não teria sido candidato, ele teria feito uma pesquisa, teria visto que o governo dele foi uma tragédia e não teria sido candidato. Ele não tinha chance nenhuma, chegar numa campanha eleitoral pra mentir, nós temos matérias na Centro América que mostram rato dentro do negócio, goteira, urina, criança morrendo por falta de UTI e ele falando que fez muito pela saúde, não bate com o que a população sente”.

“Nós não tratamos das cirurgias pelas cataratas, porque tem algumas coisas positivas nas cirurgias das cataratas, mas foi um recorde mundial de três minutos por cirurgia, tem que ir para o Guines, vai dar problema pra ele depois, então eu acho sinceramente que uma campanha erradica dessa forma não pode dar certo”, acrescentou o jornalista.

O Ministério Público Estadual (MPMT) apontou em sua denúncia, sobre irregularidades nas cirurgias da Caravana da Transformação, que a empresa responsável pelos procedimentos fez uma consulta a cada dois minutos e uma cirurgia a cada quatro, sendo que – para esta última – o tempo mínimo, conforme um especialista, seria de aproximadamente 30 minutos. O fato causou estarrecimento ao promotor de Justiça, Mauro Zaque, responsável pela peça.

Candidatos fortes

“Eu acho que a grande virtude também são os candidatos fortes, nós tivemos o Jayme para o Senado e o Mauro para o Governo. Nós fizemos o planejamento para dois turno, nós enfrentamos o senador e um governador em exercício, não era fácil ganhar essa eleição em primeiro turno, claro que a gente sabia do desgaste do Pedro, mas mesmo assim, um governador candidato a reeleição tem que fazer manobras”, comentou o marqueteiro.

 Sobre o vídeo utilizado pelos adversários durante a campanha, em que Valtenir Pereira aparece recebendo dinheiro, Antero comentou que “a inverdade não vence. A gente precisa investir mais no nosso jornalismo, nós desmentimos isso claramente, antes de nós o jornalista deveria averiguar, isso aqui é ‘fake’. O que aparece no vídeo está até de aliança, Valtenir já não está casado há pelo menos três anos. Então assim, quem aposta na mentira perde a eleição, comunicação é verdade. Eles apostaram na mentira, tentando deturpar contra Valtenir e contra Mauro Mendes”.

 Além disto, explicou a estratégia de Mauro Mendes, principalmente na questão da saúde: “Ele não prometeu novos hospitais, ele prometeu que vai fazer a saúde funcionar, se o governo apoia faz o repasse em dias para o município, não tem que gastar dinheiro atoa, até porque não tem”.

 Em outro ponto, Antero teceu comentários sobre a rejeição que atrapalhou Pedro Taques (PSDB) na tentativa de buscar votos com os indecisos: “Fica melhor quando tem o corpo a corpo e o depoimento das pessoas como o Mauro Mendes. O governador Pedro Taques não podia ir abraçar o povo, a rejeição dele, ele não podia sair às ruas, então assim, foi uma somatória de tudo. O prefeito Cidinho foi gigante na comunicação geral da campanha, nós até a última hora, lutamos pelos votos, então graças a Deus conseguimos derrubar todas as inverdades dele diante da justiça”.

Olhar Direto

 

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

Mais Lidas em Cidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE