Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

Mais um morador de MT é assassinado no Paraguai durante jogo de futebol

 
Mais um mato-grossnse de Sinop é assassinado covardemente no Paraguai. Júlio César Gonçalves, 25 anos, foi assassinado com diversos tiros, na noite de domingo (9), após disputar um torneio de futebol no distrito de Sanja Pytã -- povoado paraguaio vizinho de Sanga Puitã, no município de Ponta Porã -- em Pedro Juan Caballero, quando um homem entrou no gramado, se aproximou dele, sacou uma arma da cintura e lhe deu cinco tiros.

Ele viajou ao Paraguai somente para participar do torneio. A vítima foi baleada em frente a um ginásio, onde aconteceu o campeonato. A motivação do crime ainda não foi confirmada.

Segundo informações repassadas do Paraguai, Júlio Cesar pode ter sido assassino por um suposto envolvimento com uma mulher que teria laços estreitos com o assassino. “Parece que o caso é passional. Ele estava se relacionando com a mulher de uma pessoa que não aceitava esta relação”, disse uma autoridade paraguaia.

Júlio César ainda chegou a ser socorrido para um hospital da cidade, mas morreu logo depois de dar entrada na unidade médica.

Os tiros acertaram a região do peito e da cabeça. O autor do crime ainda não foi preso e nem identificado.

No dia 20 de agosto, a universitária Erika de Lima Corte, 29, foi assassinada com 15, em Pedro Juan Caballero, no Paraguai, onde cursava Medicina. A vítima é filha do ex-prefeito de Pontal do Araguaia, Raniel Corte. Roubo e crimes de estupro são investigados.

O eletricista identificado como Cristopher Andrés Romero Irala, apontado como o principal suspeito foi preso depois de 4 dias do crime.

 

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

Mais Lidas em Cidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE