Artigos

Artigos

Fechar
PUBLICIDADE

Artigos

O Brasil não é, mas pode ser

 
 -

Nosso país tem o que todos os países do mundo mais necessitam

- Terra para plantar

O mundo necessita de alimentos e para isso necessita de terras que não apresentem neves, terremotos, tsunamis ou vulcões.

O Brasil em áreas agricultáveis está em 1º lugar no planeta, mas o que precisamos são olhos para enxergar, pois até agora nossa política somente teve olhos para criar propinas.

O Brasil possui aproximadamente 700 usinas de açúcar e álcool, isto gera “50.000” empregos, mas bastaria uma redução no salário dos políticos que recebem 12 vezes mais que um professor e ainda podem ter 32 assessores que recebem 7 vezes o que um professo recebe, sem contar que eles ainda tem auxilio moradia, passagens áreas e auxilio alimentação, para diminuir o desemprego no País.

Dentro desse raciocínio, o politico poderia ganhar no máximo 50% a mais que um professor e teria que ser  proibido de receber qualquer outro auxilio.

Mas seria necessário que o governo determinasse como a China fez em 1985, 15% do PIB para geração de empregos, colocando leis que ajudassem na geração de empregos. A primeira das leis seria que  o abastecimento veicular em estradas que tenham sido construídas com o dinheiro do povo somente poderia ser feito com etanol.

Isto geraria uma necessidade de 70.000 usinas de álcool,  onde de início teríamos 70 milhões de empregos e estaríamos gerando uma boa distribuição de renda.

Hoje o Brasil, para poder sustentar seu consumo de etanol, precisa importar. Mas quando necessitamos de importar caímos no colo dos USA, que é o primeiro colocado na produção de etanol, mas olhando profundamente na produção americana vemos que os americanos utilizam sua produção de etanol o milho, que na realidade sua produtividade é 500% inferior a produção do etanol derivado da cana.

Isto mostra a incompetência politica administrativa brasileira pois poderíamos exportar combustível para todo o mundo, uma vez que  o mundo está carente de combustível.Com uma produção enorme de etanol, chegaríamos a campeões de exportação de combustíveis.

A nossa gasolina extraída em nosso território geraria exportações as quais trariam divisas ou dólares ao país. Concluimos que podemos ser campeões em produção, em geração de empregos e distribuição de renda.

“Basta querer"

*J.A.Puppio é empresário e autor do livro “Impossível é o que não se tentou”

 

 

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

Mais Lidas em Artigos

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE