Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

POLÍCIA

Gaeco prendeu 33 pessoas e apreendeu mais de R$ 500 mil

 
 -
A Operação Grãos de Ouro prendeu 33 pessoas em Mato Grosso e outros seis estados por envolvimento no esquema de sonegação de R$ 44 milhões em Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) em Mato Grosso do Sul.A operação foi deflagrada pelo Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco) de Mato Grosso do Sul em sete estados e, ao todo, foram apreendidos mais de R$ 500 mil em dinheiro, além dos celulares de todos os investigados.

Dentre os presos, dois são de Cuiabá: o casal Flávia de Martin Teles Birtche e Victor Augusto Saldanha Birtche, donos da Efraim Agronegócios, com sede na Capital.

Além disso, foram cumpridos 104 mandados de busca e apreensão em Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, São Paulo, Goiás, Minas Gerais, Paraná e Rio Grande do Sul.

Em Mato Grosso, foram alvos de buscas imóveis localizados em Alto Araguaia (5) e em Cuiabá (2). Um dos mandados teve como alvo a sede da Efraim Agronegócios, no SB Tower, na Capital.

De acordo com o Gaeco, a investigação do esquema criminoso começou em 2016, quando a Secretaria de Fazenda de Mato Grosso do Sul apontou ao Ministério Público a suposta existência de um esquema de sonegação de tributos estaduais na comercialização de grãos produzidos no Estado.

O esquema de fraudes fiscais era mantido por produtores rurais, funcionários da Secretaria Estadual de Fazenda (Sefaz), caminhoneiros, corretoras e, a princípio, 14 empresas de fachada que emitiam notas fiscais frias.


Midia News

 

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

Mais Lidas em Cidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE