Mundo

Mundo

Fechar
PUBLICIDADE

Mundo

Após participar de culto religioso, homem confessa que cometeu abusos sexuais contra os filhos em Uberaba

Após ele confidenciar que havia cometido um dos crimes, testemunhas que estavam no culto o denunciaram à polícia. Ele foi ouvido na delegacia e liberado por não estar em situação de flagrante; investigações prosseguem.

 

Em Uberaba, um homem de 37 anos confessou, nesta quinta-feira (12), que abusou sexualmente dos três filhos recentemente. Ele foi detido pela Polícia Militar (PM), encaminhado à delegacia e ouvido por delegado de plantão. O homem não teve a prisão ratificada, pois não estava em situação de flagrante. A Polícia Civil prossegue com as investigações.

Conforme o registro da Polícia Militar (PM), testemunhas relataram que, após um culto religioso, o homem havia confidenciado um dos casos a elas. Imediatamente, as testemunhas levaram o suspeito até a Área Integrada de Segurança Pública (Aisp) do Bairro Abadia e o denunciaram.

O homem disse à polícia que, no dia 5 de julho, a esposa dele saiu de casa para ir ao mercado e ele se aproveitou do momento para abusar da filha de três anos de idade.

Questionada sobre ter algum conhecimento do que o homem contou, a mãe da menina contou que havia saído para ir ao mercado no dia 5, mas ao voltar para casa não notou nada de diferente com a filha nem com o companheiro.

A PM teve acesso a um relatório feito no dia 5 por unidade escolar onde a menina fica. No documento, uma funcionária constatou que, ao trocar a criança para o banho, viu que o órgão genital e a fralda da menina tinham manchas de sangue. O relatório também pedia para que os pais da menina a levassem a um pediatra para diagnosticar o motivo do sangramento.

Na ocorrência, consta que a solicitação foi atendida e a menina levada ao atendimento médico. No relatório médico consta que a criança tinha, de fato, o sangramento, porém sem causa aparente, sendo detectada ruptura himenal recente, sem outras lesões associadas.

Nesta quinta-feira, em um culto religioso em uma casa, o homem revelou a autoria do crime às testemunhas, que imediatamente o denunciaram.

Ainda de acordo com a polícia, o homem revelou que também abusou de mais dois filhos, sendo uma menina de cinco anos e um menino de 11.

O suspeito foi encaminhado à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Parque do Mirante para procedimentos médicos de costume e depois foi levado à delegacia, sendo ouvido e liberado, pois não estava em situação de flagrante.

Segundo a assessoria da Polícia Civil de Minas Gerais, as crianças passaram por atendimento médico. Os resultados dos exames estão com a Polícia Civil de Uberaba e serão encaminhados para análise no Instituto Médico Legal (IML).

A Polícia Civil ainda informou que as investigações estão em andamento e que o caso segue para a Delegacia Especializada de Orientação e Proteção à Família.

 

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE