Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

ECONOMIA

Produtores de milho de MT querem aumentar produção de etanol de milho para 3,5 bilhões em 5 anos

 
 -
Produtores de milho de Mato Grosso discutiram nessa quarta-feira (12), durante o encerramento do AgroMT, em Cuiabá, sobre como valorizar a produção do grão no estado. O objetivo é aumentar a produção de etanol para 3,5 bilhões de toneladas nos próximos cinco anos.

A produção do milho neste ano deve ser de, aproximadamente, 26,4 milhões de toneladas, de acordo com o Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea). O volume é 13% menor do que a última safra.

Há cinco anos o grão também é utilizado para produzir o biocombustível. Mato Grosso possui quatro das cinco usinas que processam o cereal no país, segundo a União Nacional do Etanol de Milho (Unem).

A produção atual de 680 milhões de litros, pode aumentar para 3,5 bilhões, nos próximos cinco anos. O presidente da União, Ricardo Tomczyk, explicou que existem projetos para a construção de novas usinas para processar o milho.

"Temos cerca de sete projetos de usinas em andamento no estado ou em fase de implantação", disse.

A discussão foi realizada durante o encerramento da feira AgroMT. Ricardo disse que a possibilidade do aumento na produção do etanol de milho, pode reduzir o preço do combustível.

"Se for garantido essa oferta, irá manter a competitividade do combustível", explicou.


G1MT

 

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE