Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

Polícia investiga falta de atendimento que terminou com a morte de idoso em frente ao PSM

A vítima aguardava acolhimento na unidade de saúde, após ser transferido do Hospital Geral do distrito de Mosqueiro. Segundo a família da vítima, o médico plantonista do PSM teria se recusado a fazer o atendimento. Sesma também investiga o caso.

 
 -  Paciente morreu em frente ao Pronto Socorro Municipal, no bairro do Umarizal, em Belém.  Foto: Reprodução/TV Liberal
Paciente morreu em frente ao Pronto Socorro Municipal, no bairro do Umarizal, em Belém. Foto: Reprodução/TV Liberal

A Polícia Civil vai investigar a falta de atendimento ao paciente Joacyr Chaar Vieira, 71 anos, que morreu em frente ao Pronto Socorro Municipal Mário Pinotti, na madrugada de quarta-feira (11), em Belém. Ele aguardava acolhimento na unidade de saúde, em uma ambulância que saiu do Hospital Geral do distrito de Mosqueiro.

De acordo com a Polícia Civil, a família da vítima relatou em ocorrência resgistrada na Seccional de Mosqueiro, que Joacyr buscou atendimento na ilha quando apresentou problemas respiratórios mas que devido a liberação de um leito no PSM foi transferido para que fosse submetido a procedimentos cirúrgicos.

Ainda segundo o relato da família, o médico plantonista do PSM teria se recusado a fazer o atendimento e botar o balão de oxigênio no paciente. O caso foi encaminhado para a Seccional do Comércio, que atende o bairro do Umarizal, onde fica a unidade hospitalar.

Procedimento administrativo

A Secretaria Municipal de Saúde (Sesma) infoirmou que já solicitou informações aos hospitais de Mosqueiro e Mário Pinotti e que instaurou procedimento administrativo para apurar o atendimento prestado.

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do G1 Pará no (91) 98814-3326.

 

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

Mais Lidas em Cidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE