Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

Consumidores de Belém reclamam que são obrigados a pagar duas vezes a mesma conta de energia

Mesmo antes do fim do mês, moradores de São Brás já haviam recebido a dupla cobrança. Celpa admitiu que fez duas cobranças no mesmo mês para consumidores, mas alegou que já adequou as faturas .

 

Consumidores de Belém reclamam que estão sendo obrigados a pagar duas vezes no mesmo mês a conta de energia elétrica.

Mandou conta de junho para ser paga em julho e a fatura de julho, que deveria vir em agosto, veio com vencimento para julho mesmo. Ou seja, mais de R$ 1 mil em conta no mesmo mês. “Como eles vão tirar o mês que nós nem consumimos ainda? Estamos tensos, a gente não sabe. Se for pra esperar o começo do outro mês, já vem com reaviso, e eles vão cortas a luz”, reclama Célia Costa, autônoma.

O aposentado Evaldo das Rosas também recebeu duas contas, uma delas referente ao mês de julho, que ainda nem acabou. “Eu fui até a Celpa e a moça me informou que iria mudar o sistema de pagamento: o mês 6 ia ter vencimento no 7. Eu perguntei: como vocês fizeram essa medição, então? Ela disse: tiramos uma média. Mas essa média só vem pra cima. Como é que eu vou pagar?”, diz.

O advogado do consumidor Felipe Guimarães afirma que a prática é duplamente abusiva. Primeiro, porque a Celpa emite duas cobranças para o mesmo mês, segundo, por fazer a cobrança baseado em estimativas em quanto de energia ainda será consumido.

“Fere o Código de Defesa do Consumidor. A apuração do consumo é feita mensalmente, não tem como presumir quanto o consumir vai gastar de energia. O consumir, individualmente, pode procurar um Juizado Especial e a Defensoria Pública para ajuizar uma ação visando reconhecera cobrança indevida e a prática abusiva da concessionária”, explica o advogado.

Em nota, a Celpa informou que já solucionou a situação dos clientes mostrados na reportagem, com a adequação das datas de vencimento das faturas, sem qualquer prejuízo para eles.

Ainda de acordo com a Celpa, o período de verificação do consumo está correto, assim como os valores cobrados, pois eles não são de faturas duplicadas. A concessionária declarou ainda que as informações de consumo e períodos de leitura do medidor, assim como o mês de referência estão informados no campo superior do documento.

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do G1 Pará no (91) 98814-3326.

 

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

Mais Lidas em Cidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE