Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

Quinto foragido da operação ‘Bincagem Fantasma’ se entrega à polícia e vai para o presídio

Flávio Lima era o último foragido da operação. De acordo com a defesa, o denunciado estava no Maranhão fazendo tratamento contra dependência química. Operação combate irregularidades no Detran.

 
 -  Sede do Detran em Santarém  Foto: Weldon Luciano/Arquivo/G1
Sede do Detran em Santarém Foto: Weldon Luciano/Arquivo/G1

O quinto e último foragido da operação “Bincagem Fantasma” se apresentou à polícia e já está preso na central de triagem masculina do Centro de Recuperação Agrícola Silvio Hall de Moura (CRASHM) em Santarém, oeste do Pará.

  • Operação cumpre mandados de prisão a servidores do Detran em Santarém
  • Procurado da 'Bincagem Fantasma' se entrega à polícia; quatro seguem foragidos

A apresentação espontânea de Flávio Augusto Costa de Lima, 36 anos, aconteceu na terça-feira (11) no Núcleo de Inteligência Policial com sede em Santarém, em atendimento ao mandado de prisão expedido pelo Judiciário. Dois advogados acompanharam o denunciado.

No mesmo dia da apresentação Flávio Lima prestou depoimento e fez exame de corpo de delito antes de conduzido ao presídio.

De acordo com os advogados Clenildo Júnior e Naína Moura, desde fevereiro deste ano, o denunciado encontrava-se no estado do Maranhão, onde fazia tratamento contra dependência química, e foi este motivo que ficou ausente de Santarém.

Com a conclusão do inquérito policial, os advogados passam à análise dos autos para promover a defesa do acusado. Flávio Lima é réu primário e tem residência fixa no município.

Operação "Bincagem fantasma"

A operação foi deflagrada no dia 20 de junho e investiga um esquema de emissão ilegal de carteiras de motorista, a partir da 1ª Circunscrição Regional de Trânsito (Ciretran), em Santarém e Aveiro.

Participaram dos cumprimentos de mandados policiais civis, sob o comando do Núcleo de Inteligência Policial (NIP), sob direção do delegado Fernando Rocha, e Núcleo de Apoio à Investigação (NAI), de Santarém, com apoio da Diretoria de Polícia do Interior (DPI), tendo à frente do delegado Sílvio Maués, Superintendência da Polícia Civil na Região do Baixo Amazonas, Superintendência da Polícia Civil na Região do Tapajós e Seccionais Urbanas de Santarém e Itaituba.

 

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE