Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

Empresas de transporte escolar paralisam atividades por falta de pagamento do governo de Santarém

Segundo representante, há mais de 2 meses as terceirizadas não recebem pagamentos dos serviços prestados. Centenas de alunos são prejudicados pela suspensão.

 
 -  Empresas suspendem o serviço de transporte escolar em Santarém e região nesta quinta-feira  16   Foto: Semed/Divulgação
Empresas suspendem o serviço de transporte escolar em Santarém e região nesta quinta-feira 16 Foto: Semed/Divulgação

Empresas que prestam serviço de transporte escolar aos alunos da rede pública de Santarém, no oeste do Pará, paralisaram as atividades nesta quinta-feira (14), por tempo indeterminado, para cobrar o pagamento atrasado de quase três meses. A estimativa é de que centenas de crianças e adolescentes sejam prejudicados pela paralisação.

De acordo com a cooperativa das empresas de transporte, há mais de 2 meses as terceirizadas não recebem os pagamentos dos serviços prestados. Paralisaram cerca de 20 operadoras responsáveis pela cobertura de 120 rotas da rede municipal, incluindo o Planalto, Várzea, Eixo Forte e regiões de rios. São mais de 200 veículos, entre lanchas, bajaras, micro-ônibus, ônibus e barcos que transportam os alunos na região.

O G1 solicitou informações da Secretaria Municipal de Educação (Semed) sobre o motivo do atraso, mas não obteve retorno até a publicação desta matéria.

As empresas dizem que só retornarão às atividades após a efetivação dos pagamentos, pois sem o repasse, ficam impossibilitadas de manterem os veículos nas rotas.

 

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

Mais Lidas em Cidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE