Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

Naufrágio deixa um sobrevivente e um desaparecido no Rio Trombetas, em Oriximiná

Barco de pequeno porte conhecido como “rabeta” naufragou na noite de quarta-feira 13 ao fazer uma travessia da cidade para a comunidade Campina. Duas pessoas estavam sem coletes salva-vidas na embarcação.

 

Um naufrágio aconteceu na noite de quarta-feira (13) no Rio Trombetas, em Oriximiná, no oeste do Pará, e deixou um sobrevivente e um desaparecido. Os dois homens atravessavam o rio na frente da cidade em uma embarcação conhecida como “rabeta” quando o acidente aconteceu.

Os dois estavam sem coletes salva-vidas e a suspeita é que estivessem alcoolizados. De acordo com o sobrevivente, Marcos Ramos Carvalho, eles atravessariam o rio para ir à comunidade Campina, onde moram, quando uma lancha passou na frente da “rabeta” e provocou uma forte onda.

Depois da embarcação virar, os dois homens ainda conseguiram nadar no sentido da correnteza até próximo à margem do rio. O dono de uma casa flutuante ouviu os pedidos de socorro e conseguiu resgatar Marcos. A outra pessoa, identificada como Paulo, de 43 anos, já tinha sumido.

Após o naufrágio uma guarnição de bombeiros civis se dirigiu para o local e iniciou buscas ao desaparecido. “Nós fomos com ele [sobrevivente] e marcamos o ponto onde ele viu o amigo pela última vez, tendo em vista que eles já tinham feito buscas e nada tinha sido encontrado”, disse o coordenador do Bombeiros Civis, MArivam Carvalho.

A operação foi retomada nesta quinta-feira (14), mas até o momento não havia sido encontrado vestígios de Paulo.

Ao G1 Capitania dos Portos de Santarém e o 4º Grupamento de Bombeiros Militar (4ºGBM) informaram que ainda não foram acionados para auxiliar nas buscas ou registrar a ocorrência.

 

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

Mais Lidas em Cidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE