Mundo

Mundo

Fechar
PUBLICIDADE

Mundo

Jovem é baleado e casa de suspeito é incendiada em Juiz de Fora

Segundo PM, parentes de vítima, em represália, colocaram fogo no imóvel.

 

Um rapaz de 20 anos foi baleado na Rua Fausto Moreira Teixeira, no Bairro Jóquei Clube III na tarde desta quarta-feira (13), em Juiz de Fora. Em represália, parentes dele colocaram fogo na casa de um adolescente, que seria o autor dos disparos. Um rapaz suspeito de envolvimento no crime foi detido.

De acordo com as informações preliminares da Polícia Militar (PM), o rapaz de 20 anos foi baleado na Rua Fausto Moreira Teixeira pelo carona de uma motocicleta. A ocorrência relata que ele foi atingido por disparos na barriga, no peito e nas pernas.

Ele foi encaminhado para o Hospital de Pronto Socorro (HPS). Como não foi informado o nome dele, não foi possível apurar o estado de saúde.

A vítima e uma testemunha indicaram que o responsável pelos tiros tinha sido um adolescente de 17 anos, que não foi localizado. O jovem de 22 anos, que conduzia a motocicleta, foi localizado e reconhecido por uma testemunha. Ele foi detido e a moto foi apreendida.

A ocorrência informa ainda que familiares do rapaz de 20 anos teriam colocado fogo na residência da mãe do adolescente apontado como suspeito. O Corpo de Bombeiros foi chamado para conter as chamas. O caso será encaminhado para apuração na Polícia Civil.

Violência

Este foi o terceiro crime contra a vida registrado em Juiz de Fora nesta quinta-feira (13). Os outros dois casos foram de homicídios consumados, que também serão investigados na Polícia Civil.

No primeiro, no início da madrugada, um homem de 30 anos morreu após ser agredido com golpes de faca na Avenida Sete de Setembro, no Bairro Costa Carvalho na madrugada desta quarta-feira (13). Uma mulher, ainda não localizada, foi apontada como suspeita do crime.

O segundo caso foi no começo da manhã no Bairro Santa Luzia. Um jovem, de 21 anos, foi morto a tiros na Rua Ibitiguaia. O rapaz foi perseguido por um carro e foi atingido por disparos feitos por um passageiro. Ele morreu no local. Os autores fugiram e não foram encontrados.

 

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE