Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

'''Foi monstruoso''', diz testemunha após atropelamento de cinco pessoas em Pouso Alegre, MG

Motorista foi preso em flagrante e autuado por tentativa de homicídio; crime seria motivado por ciúmes da ex-mulher.

 
 -  Motorista foi preso em flagrante e deve responder por tentativa de homicídio  Foto: Reprodução/EPTV
Motorista foi preso em flagrante e deve responder por tentativa de homicídio Foto: Reprodução/EPTV

O atropelamento de cinco pessoas em Pouso Alegre (MG) chocou vítimas e testemunhas. O crime, que seria motivado por ciúmes, aconteceu na tarde desta terça-feira (12) na avenida Vereador Antônio da Costa Rios, no bairro São Geraldo, e terminou com o motorista preso em flagrante e autuado por tentativa de homicídio.

“Jogou o carro em cima, sem pensar o que poderia acontecer ali. Graças a Deus, ninguém veio a óbito, mas foi monstruoso”, diz o estudante Bruno Gomes, que presenciou a ação.

Vídeos de câmeras de segurança da região flagraram o momento em que ele acelera contra um ciclista na avenida. Após o impacto, o homem é arremessado no portão de uma fábrica. O carro ainda invade uma empresa e atinge quatro funcionários. Depois, o motorista desce do veículo e ainda passa a agredir o ciclista com socos.

Motorista foi preso em flagrante e deve responder por tentativa de homicídio (Foto: Reprodução/EPTV) Motorista foi preso em flagrante e deve responder por tentativa de homicídio (Foto: Reprodução/EPTV)

Motorista foi preso em flagrante e deve responder por tentativa de homicídio (Foto: Reprodução/EPTV)

Uma das vítimas que estava na empresa, o auxiliar de fabricação Lucas Gomes Pereira, ainda não consegue acreditar em tudo o que aconteceu. Ele recebeu atendimento médico e depois foi liberado.

“Do nada, só veio aquele carro. Aquela coisa muito rápida, que você acha que... mas, graças a Deus, não teve nenhuma morte. Deus livrou a gente mais uma vez aí, me livrou mais uma vez”, afirma.

Quatro vítimas foram atingidas na porta de uma empresa (Foto: Reprodução/EPTV) Quatro vítimas foram atingidas na porta de uma empresa (Foto: Reprodução/EPTV)

Quatro vítimas foram atingidas na porta de uma empresa (Foto: Reprodução/EPTV)

O motorista fugiu à pé do local depois de cometer o crime, mas foi preso tentando sair da cidade pela BR-381. Após prestar depoimento, ele foi levado para o presídio de Pouso Alegre. Segundo a polícia, uma testemunha relatou que o crime teria sido passional, já que a ex-esposa do motorista está namorando com o ciclista.

“Existe uma testemunha que mora com o autor há cinco meses. E essa testemunha, para a Polícia Militar, falou que o autor já tinha a intenção de matar o namorado da sua ex-companheira. Porém, na Delegacia de Polícia, ela negou esse fato e falou que o autor nunca manifestou nenhuma vontade de matar [o ciclista] e que estava em um quadro de depressão sendo acompanhado por psicólogo”, explica o delegado regional Renato Gavião.

O motorista vai responder por homicídio qualificado tentado. A pena varia de 12 a 30 anos de prisão. A única vitima que continua internada é o ciclista, que teve politraumatismo, mas está estável e não corre risco de morrer.

Carro ficou danificado após atropelamentos em Pouso Alegre (MG) (Foto: Reprodução/EPTV) Carro ficou danificado após atropelamentos em Pouso Alegre (MG) (Foto: Reprodução/EPTV)

Carro ficou danificado após atropelamentos em Pouso Alegre (MG) (Foto: Reprodução/EPTV)

Veja mais notícias da região no G1 Sul de Minas

 

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE