Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

POLÍTICA

Pivetta mantém pré-candidatura; reedição de dobradinha com Mauro é avaliada

 
 -
O anúncio de Mauro Mendes por se lançar pré-candidato ao governo do Estado, é fator que tende a reconfigurar as conjecturas estabelecidas até agora. Um dos nomes que demonstra estar aberto à formação de aliança com o democrata é o do pré-candidato ao governo pelo PDT, Otaviano Pivetta, que, por enquanto, diz que nada mudou e continua trabalhando para se viabilizar na disputa ao Palácio Paiaguás.

O ex-prefeito de Lucas do Rio Verde por três mandatos não consecutivos pondera que aguarda reunião com o DEM para decidir se repetirá dobradinha com Mauro como nas eleições de 2010, quando concorreu como candidato a vice. À época, foram derrotados por Silval Barbosa (sem partido).

“Considero que a decisão do Mauro foi, por enquanto, uma decisão de partido. Ainda não conversei com o Mauro ou com o DEM depois deste anúncio. Não descarto alianças. Este momento de pré-candidatura é para fazer conjecturas. Nada está consolidado. Mas é possível uma aliança com o DEM”, avalia Pivetta em conversa com o RDNews.

Se aderir ao projeto do ex-prefeito de Cuiabá, Pivetta retornará ao ponto inicial de negociações que começaram a impulsionar o contexto das eleições de 2018. Isto porque foi o pedetista quem viabilizou inicialmente o nome de Mauro para concorrer essa disputa, como oposição direta ao governador Pedro Taques (PSDB).

Antes deste contexto, no qual as cartas estão sobre a mesa, Mauro já havia ponderado que não teria nenhum problema em ser vice de Pivetta, que por sinal só se lançou a pré-candidatura após longa demora de Mauro em decidir se concorreria ou não ao pleito.

Por ora, Pivetta se diz apto para concorrer ao cargo de chefia do Poder Executivo estadual, e que tem capacidade para convencer a população de que é uma opção para governar Mato Grosso pelos próximos quatro anos. Ao que tudo indica, os próximos dias serão de negociações mais certeiras, até o momento, a eventual chapa Mauro/Pivetta já conta com o apoio da Frentinha (Podemos, PMN, Pros, PRP, Avante e Democracia Cristã).


RDNews

 

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

Mais Lidas em Cidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE