Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

Atrasada há um ano, obra da posto de saúde do bairro do Castanheira não tem prazo para ser concluída

A obra, que custou mais de R$ 1,2 milhão, deveria ser entregue em novembro de 2017.

 

Moradores do bairro do Castanheira, em Belém, reclamam no atraso das obras na construção da Unidade Básica de Saúde (UBS) do local. A obra, que custou cerca de R$ 1,2 milhão deveria ser entregue em novembro de 2017, mas segundo os moradores, está completamente parada.

Os moradores afirmam que nenhum operário está trabalhando na obra há três meses. Por conta disso, o local onde deveria ser construído o posto está tomado de mato, entulho e água parada.

“É uma ameaça porque a obra está servindo como criadouro de mosquitos. Essa obra é um elefante branco aqui, parado. A nossa expectativa é ver isso tudo funcionar”, comentou Roberto de Oliveira, morador do local.

O atraso na construção também prejudica quem precisa de atendimento médico no bairro. Para marcar consulta, o paciente precisa se deslocar ao posto médico mais próximo, que fica no município de Ananindeua.

“A gente precisa se deslocar de dois a três quilômetros pra ser atendido. Muitas vezes temos que acordar de madrugada pra conseguir uma senha. A situação fica muito complicada pra quem já está doente”, afirma o comerciante Valdo Andrade

Em nota, a Prefeitura de Belém informou que continua trabalhando no projeto de readequação orçamentária para que as obras na unidade básica de saúde do bairro Castanheira sejam retomadas o mais rápido possível. A Prefeitura não deu um prazo de quando os serviços serão retomados. Em relação ao entulho, a Prefeitura informou que uma equipe da Secretaria de Saneamento (Sesan) vai fazer a limpeza do local.

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do G1 Pará no (91) 98814-3326

 

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

Mais Lidas em Cidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE