Mundo

Mundo

Fechar
PUBLICIDADE

Mundo

Apartamento no Macapaba era usado para esconder produtos roubados, diz polícia

Até uma moto estava entre o material apreendido na residência localizada no conjunto habitacional, em Macapá. Polícia Militar chegou ao local depois de receber uma denúncia anônima.

 
 -  Até uma moto está entre o material apreendido  Foto: Reprodução/Rede Amazônica
Até uma moto está entre o material apreendido Foto: Reprodução/Rede Amazônica

Três pessoas, sendo dois homens e uma mulher, foram presas na terça-feira (15) suspeitas de usar um apartamento localizado no conjunto habitacional Macapaba, na Zona Norte de Macapá, como depósito para materiais roubados ou furtados.

De acordo com o 2º Batalhão de Polícia Militar (2º BPM), uma denúncia anônima levou os policiais até o apartamento. Chegando ao local, foram encontrados botijões de gás, televisores, celulares, materiais eletrônicos, de som e até uma moto.

Ainda de acordo com a polícia, todo o material apreendido foi roubado ou furtado de outras famílias que vivem no conjunto habitacional. O trio que estava no apartamento denunciado foi encaminhado para o Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp).

A Secretaria de Estado da Inclusão e Mobilização Social (Sims) por meio de nota informou que está fazendo um levantamento dos imóveis invadidos no conjunto habitacional que estão ocupados irregularmente. Depois de concluído, o relatório será encaminhado para a Caixa Econômica Federal que é o agente credor dos imóveis do programa "Minha Casa, Minha Vida", do governo brasileiro.

O documento será entregue também à Justiça Federal que fará, com o apoio da Secretaria de Infraestrutura (Seinf) e da Polícia Militar (PM), a reintegração de posse dos apartamentos invadidos.

Até uma moto está entre o material apreendido (Foto: Reprodução/Rede Amazônica) Até uma moto está entre o material apreendido (Foto: Reprodução/Rede Amazônica)

Até uma moto está entre o material apreendido (Foto: Reprodução/Rede Amazônica)

*Com informações da Rede Amazônica

Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o Tô Na Rede!

 

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE