Mundo

Mundo

Fechar
PUBLICIDADE

Mundo

Hospital São João de Deus expande atendimentos neopediátricos em Divinópolis

Unidade de Terapia Intensiva UTI neopediátrica vai atender crianças com até 12 anos da região Centro-Oeste de Minas.

 
 -  Unidade irá atender crianças com até 12 anos em 54 municípios  Foto: Reprodução/TV Integração
Unidade irá atender crianças com até 12 anos em 54 municípios Foto: Reprodução/TV Integração

A nova Unidade de Terapia Intensiva (UTI) neopediátrica do Hospital São João de Deus (HSJD) em Divinópolis foi inaugurada nesta terça-feira (15). O espaço passou por reforma e foi preparado para atender crianças com até 12 anos de 54 municípios da região Centro-Oeste de Minas.

De acordo com a Superintendência do Hospital, para a reforma foram investidos R$ 128 mil. Desse total, R$ 68 mil foram de recursos da própria instituição. A outra parte foi adquirida com ajuda da população.

A atual UTI neopediátrica está instalada em um espaço onde há cinco anos era a UTI adulto do hospital. Ela tem 295 metros quadrados. No local, vão ser instalados 10 leitos, oito neonatal e dois pediátricos. Com a reforma, a capacidade de atendimento da unidade passou de 15 atendimentos mensais para 18.

"Fizemos a ambientação do espaço adequando a estrutura toda para receber o perfil de pacientes que temos aqui, principalmente prematuro extremo", disse a coordenadora do setor, Milene Gonçalves.

UTI neopediátrica foi  inaugurada nesta terça-feira (16) (Foto: Reprodução/TV Integração) UTI neopediátrica foi  inaugurada nesta terça-feira (16) (Foto: Reprodução/TV Integração)

UTI neopediátrica foi inaugurada nesta terça-feira (16) (Foto: Reprodução/TV Integração)

Para o diretor técnico do HSJD, Eduardo Matar, o novo espaço vai contribuir significativamente para a redução da mortalidade infantil.

"Aquela criança que nasce com algum problema mais grave, ou então, a mãe que tem uma gestação de alto risco, é importante o hospital dar suporte e, com esse novo espaço, vamos conseguir oferecer todo o suporte necessário à mãe e à criança", explicou Matar.

 

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE