Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

Pastor evangélico é preso suspeito de pedofilia após chantagear jovem a lhe enviar fotos íntimas em Belém

Segundo a polícia, religioso disse para a vítima que teve uma ''premonição'' e que se ela não obedecesse suas ordens, seria acometida por grave doença. Pastor foi preso em flagrante após marcar encontro com a jovem.

 

Um pastor evangélico foi preso nesta quarta-feira (14), em Belém, suspeito do crime de pedofilia. Segundo a polícia, Ailton Neves Gonçalves, de 40 nos, chantageou uma jovem de 14 anos e obrigou a vítima a lhe enviar fotos íntimas.

O pastor alegou que teve uma revelação e previu que a garota, que frequentava a igreja onde o suspeito atuava como líder religioso, seria acometida por grave doença senão lhe enviasse fotos íntimas.

“Ele ainda marcou um encontro com a adolescente. A família da menina denunciou o caso e fizemos o flagrante”, conta Daniel Castro, delegado da Seccional do Guamá, onde o caso é investigado.

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do G1 Pará no (91) 98814-3326

 

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE