Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

ECONOMIA

Brasil está no caminho de crescimento sustentável, diz Meirelles

 
 -
O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, afirmou que o Brasil está em um momento muito importante, pois saiu da recessão e voltou a crescer, e prevê que o país entrará num ciclo de crescimento sustentável.

Meirelles citou entre as razões a manutenção da inflação abaixo da meta, a melhora no poder de compra, o combate ao déficit público e mudanças na política de governança das estatais para combater a corrupção.

A afirmação foi feita nesta quarta-feira (14) em entrevista a jornalistas antes de sua participação no Fórum Econômico Mundial, em São Paulo.

"O momento é muito importante para o Brasil exatamente porque o Brasil está crescendo e esperamos gerar um ciclo de crescimento sustentável", disse Meirelles.

Segundo ele, as reformas fundamentais estão melhorando estruturalmente a economia.

O ministro disse que as despesas públicas estão evoluindo de forma sustentável e que há o enfrentamento do déficit de gastos para torná-lo cada vez menor.

Meirelles manteve a previsão de crescimento de 3% para a economia brasileira em 2018 e de uma criação de 2,5 milhões de empregos. "O país está bem. Tudo está sendo enfrentado com determinação e força", afirmou.

Restrições dos EUA ao aço

Meirelles também comentou que há discussões no governo brasileiro sobre como reagir às medidas de restrição ao aço importado impostas pelos Estados Unidos.

Ele disse que os EUA sinalizaram possibilidade de negociar, mas que o Brasil está conversando com outros países sobre a possíbilidade de recorrer à Organização Mundial do Comércio (OMC).

Mais cedo, Temer descartou que o Brasil vá sozinho à OMC, mas que poderá recorrer à organização junto com outros países.

Eleições

O ministro da Fazenda afirmou que é importante que o próximo governo mantenha a agenda de crescimento do país.

Meirelles afirmou que vai decidir até abril se disputará as eleições e, portanto, se deixará a função de ministro da Fazenda. Ele disse que está fazendo pesquisas qualitativas para entender a preferência da população e decidir se será candidato.


G1

 

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

Mais Lidas em Cidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE