Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

REGIONAL

Consumidores já podem renegociar débitos em Mutirão do Procon-MT

 
Começou nesta quarta-feira (14.03) o 4º Mutirão de Combate ao Superendividamento do Procon Estadual, órgão vinculado à Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh). Nesta edição, a campanha de renegociação de débitos, que conta com o apoio da Federação Brasileira dos Bancos (Febraban), é realizada exclusivamente por meio da plataforma www.consumidor.gov.br .

No total, 74 empresas ligadas à Febraban participam do Mutirão, como bancos, financeiras e administradoras de cartão. A campanha tem o objetivo de oferecer ao consumidor uma oportunidade para negociar débitos. O superintendente do Procon-MT, André Rondon Badini, explica que a intenção é atender uma parcela crescente da sociedade que, na atual conjuntura econômica, teve seu poder de compra reduzido e está com dificuldades para pagar suas dívidas da forma inicialmente contratada.

"É uma oportunidade para o consumidor negociar sua dívida, mantendo o mínimo necessário para arcar com as despesas quotidianas", salienta André. As empresas participantes irão oferecer melhores propostas de negociação, de acordo com a análise individual do caso de cada consumidor. Outra vantagem é que o consumidor pode renegociar sua dívida sem sair de casa, pois para participar basta ter acesso à internet. Caso o consumidor não tenha acesso a internet, poderá procurar a sede do Procon-MT ou o Procon do seu município para acessar a plataforma.

O superintendente alerta que é importante que os dados pessoais do consumidor sejam atuais e próprios, pois uma vez recebida a proposta na instituição financeira, o consumidor poderá ser contatado por telefone. As empresas terão o prazo de dez dias para analisar a proposta e entrar em contato com o consumidor para tentativa de renegociação dos débitos.

O Mutirão iniciou hoje e prossegue até sexta-feira (16.03). Para participar, o consumidor deve acessar o site www.consumidor.gov.br e fazer o cadastro para receber login e senha. Após, basta selecionar uma instituição financeira cadastrada e formalizar a solicitação de renegociação de débitos.

No momento da classificação do pedido ou reclamação, é importante selecionar no campo ‘Problema’ a opção ‘Renegociação/parcelamento de dívida’. Já no campo ‘Descrição da Reclamação’, é preciso relatar o problema, informando que deseja participar da ação de renegociação de dívidas.

Orientações sobre o cadastramento de usuário, registro e acompanhamento de reclamações podem ser obtidas no Guia do Usuário.


Da Assessoria


 

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE