Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

Estudo de balneabilidade: 11 praias de Santarém passam pela primeira análise do ano

É a terceira etapa do atual contrato de monitoramento da balneabilidade das praias da orla fluvial direita do Rio Tapajós.

 
 -  Técnico coletando água da praia do Maracanã em Santarém  Foto: Reprodução/TV Tapajós
Técnico coletando água da praia do Maracanã em Santarém Foto: Reprodução/TV Tapajós

Dois técnicos de uma empresa de Goiânia estão visitando as praias de Santarém, oeste do Pará, para coletar material para o estudo de balneabilidade. É a terceira etapa, de nove, do atual contrato de monitoramento da balneabilidade das praias da orla fluvial direita do Rio Tapajós. Na manhã desta quarta-feira (14), os pesquisadores estiveram na praia do Maracanã e de Ponta de Pedras.

VEJA MAIS: PRIMEIRA ETAPA DO ESTUDO DE BALNEABILIDADE APONTA QUE AS PRAIAS DE SANTARÉM ESTÃO PRÓPRIAS PARA BANHO

O material coletado serve de estudo para o relatório que revela qual é a situação de cada praia de Santarém. “Uma água própria para o banho deve ter determinadas características, ou seja, padrões exigidos na legislação. Então, ela tem que ter condições de não causar irritabilidade na pele, quantidade de bactérias permissíveis que não venham causar danos a saúde, entre outras”, explicou a bióloga Vilma Coelho.

Amostras da água de onze praias serão coletadas ao longo da semana (Foto: Reprodução/TV Tapajós) Amostras da água de onze praias serão coletadas ao longo da semana (Foto: Reprodução/TV Tapajós)

Amostras da água de onze praias serão coletadas ao longo da semana (Foto: Reprodução/TV Tapajós)

A pesquisa garante a utilização segura das praias para a recreação, conforme estabelece a Resolução 274/2000 do Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama). As coletas serão realizadas em 11 pontos: Alter do Chão (praia do Centro de Atendimento ao Turista/C.A.T), canal principal do Rio Tapajós, Praia do Cajueiro, Orla de Alter do Chão (escadaria e parte final), Praia do Amor, Igarapé do Macaco, Pajuçara, Ponta de Pedras, Muretá e Maracanã.

O resultado

O resultado é emitido por meio de relatório técnico e laudos laboratoriais emitidos pela empresa responsável pelos estudos.

O relatório da primeira etapa pode ser acessado por meio do site da empresa responsável pelo exame, e indicou que os 11 pontos de balneabilidade estavam próprios para banho, recebendo classificação que vai de muito boa a excelente.

O resultado da segunda etapa, onde a coleta foi realizada em dezembro de 2017, será divulgado na quinta-feira (14), oportunamente na em que é celebrado o dia mundial da água.

A amostra de água é coletada em suporte e levada ao laboratório para análise (Foto: Reprodução/TV Tapajós) A amostra de água é coletada em suporte e levada ao laboratório para análise (Foto: Reprodução/TV Tapajós)

A amostra de água é coletada em suporte e levada ao laboratório para análise (Foto: Reprodução/TV Tapajós)

 

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

Mais Lidas em Cidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE